Política Nacional /

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019, 17h:30

A | A | A

Frota pede desculpas a Ciro Gomes e diz que ele “tinha razão sobre Bolsonaro”

arrow-options Divulgação/PSDB na Câmara Deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) retornou ao Twitter e disparou duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro...


Imagem de Capa
Alexandre Frota em plenário arrow-options
Divulgação/PSDB na Câmara
Deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) retornou ao Twitter e disparou duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL)

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) pediu desculpas neste domingo (15) ao ex-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT-CE) por agressões verbais que ele direcionou ao colega no passado. Segundo Frota, Ciro “tinha razão sobre Bolsonaro”.

Leia também: Bolsonaro terá alta nesta segunda, diz boletim médico

A mensagem de Frota no Twitter foi uma resposta a uma publicação de Ciro Gomes em que ele critica o presidente e seus filhos e os acusa de enriquecimento ilícito. “Ciro desculpe as agressões verbalizadas por mim a vc no passado. Fagner nosso amigo cantor me alertou várias vezes. Não é que vc realmente tinha razão sobre Bolsonaro. Sorte na caminhada”, escreveu Frota.

Alexandre Frota foi eleito pelo PSL, o partido de Bolsonaro , e era um fiel defensor do presidente. Logo nos primeiros meses do mandato, no entanto, ele começou a criticar algumas atitudes do governo, o que culminou com sua expulsão do partido em agosto.

Leia também: Indicado à PGR por Bolsonaro, Aras promete portas abertas à oposição

Frota , que tinha excluído sua conta no Twitter à época da expulsão, usou intensamente a rede nos últimos dias para tecer críticas ao governo e seus apoiadores. Um dos alvos mais recorrentes é o guru intelectual do governo Bolsonaro, Olavo de Carvalho. Em uma das publicações, ele chamou Olavo de “capeta” e “charlatão”.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz