Internacional /

Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019, 12h:30

A | A | A

Troca de embaixador do Brasil na ONU é aprovada antes de ida de Bolsonaro a NY

arrow-options Itamaraty Ronaldo Costa Filho foi aprovado pelo Senado para ser novo embaixador do Brasil na ONU Cinco dias antes da viagem do presidente...


Imagem de Capa
Homem de terno sentado discursando arrow-options
Itamaraty
Ronaldo Costa Filho foi aprovado pelo Senado para ser novo embaixador do Brasil na ONU

Cinco dias antes da viagem do presidente Jair Bolsonaro  para Nova Iorque, onde fará discurso na Assembleia Geral da ONU, o Senado aprovou a troca do embaixador do Brasil junto às Nações Unidas. Ronaldo Costa Filho vai substituir o diplomata Mauro Vieira, indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff.

Ronaldo Costa Filho foi sabatinado pela Comissão de Relações Exteriores (CRE) na semana passada. Ministro de primeira classe da carreira de diplomata do Ministério das Relações Exteriores, o indicado ingressou na carreira em 1987.

Leia também: Discurso de Bolsonaro na ONU terá críticas a Venezuela e Cuba

A relação do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, com o diplomata Mauro Vieira era considerada ruim e, segundo o colunista Lauro Jardim, ambos já não se falam há meses. Vieira foi chefe do atual chanceler quando foi embaixador do Brasil nos EUA, onde os dois serviram entre 2010 e 2015. Araújo, inclusive, foi indicado por ele para o cargo de ministro-conselheiro.

Em maio, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, havia dito a Mauro Vieira que ele permaneceria no posto até sua aposentadoria, em 2021.

O governo vinha estudando substituí-lo antes da viagem de Bolsonaro à ONU. Havia um incômodo de o presidente encontrar o diplomata, que foi ministro das Relações Exteriores de Dilma Rousseff, no segundo mandato da petista.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz