Saúde /

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018, 09h:44

A | A | A

HMCJ comemora aquisição de R$ 60 mil em mobiliário

Na cerimônia de entrega, as autoridades locais falaram sobre mais esse investimento na saúde do município


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Foi realizado no final da tarde da última segunda-feira (12) no Hospital Municipal Coração de Jesus, a entrega de equipamentos doados pela Prefeitura Municipal de Campo Verde, através de uma emenda do governo estadual. Ao todo foram entregues 10 leitos adultos, 5 leitos infantis, 33 poltronas reclináveis para acompanhantes e 2 ar condicionados inverter de 20 mil BTU’S. Totalizando um investimento de R$ 60 mil.

 

Na cerimônia de entrega, as autoridades locais falaram sobre mais esse investimento na saúde do município, “nós sempre entendemos que sem saúde não existe mais nada na vida de uma pessoa, por isso temos priorizado a saúde do nosso município, tanto atenção básica quanto de média complexidade que é o caso do Hospital Coração de Jesus. Esse investimento é constante pois sabemos que a demanda é constante, conforme nosso  orçamento vem crescendo nossos repasses para o Hospital também vão aumentando, quem trabalha quer receber em dia pois cada um tem seus compromissos, também em questão de medicamentos e infraestrutura é muito importante para o bom funcionamento e comodidade de quem já está passando por uma fase complicada na vida. E dessa vez conseguimos alocar esses recursos de emenda estadual na aquisição desses móveis que serão de muito bom uso, uma grande qualidade para quem necessita ficar internado no hospital, todos saem ganhando,” comentou o prefeito.   

 

Em contraponto com o que vem acontecendo no resto do estado, a saúde em Campo Verde é realmente uma prioridade e vem cada vez recebendo mais atenção, o próprio prefeito Fábio já comandou o Coress – Consórcio Regional de Saúde do Sul de Mato Grosso, que é o maior consórcio nesse sentido do estado, em quantidade de municípios atendidos, e confirmou que a situação no estado é cada vez mais preocupante, nesta semana o Hospital Regional de Rondonópolis, que atendia em toda região em casos de maior complexidade, também era referencia em ortopedia, acabou fechando as portas, pelo menos temporariamente, a empresa que geria o hospital, não aguantou a falta de repasses e as constantes cobranças e falta de equipamentos e medicamentos e decidiu abandonar a gerencia da instituição.

 

O presidente da Câmara João Narciso Gomes estava presente à entrega dos equipamentos e também comentou sobre o investimento em Campo Verde, “essa entrega é muito importante para o município , desta vez através de uma emenda do estado, a saúde é o maior bem do ser humano e o poder público deveria priorizar essas questões. Esse dinheiro que foi empregado na compra desses equipamentos permanentes do HMCJ é nada menos que a contrapartida do dinheiro que o cidadão paga nos seus impostos, que estamos recebendo hoje uma parte em forma de equipamentos que serão sem dúvidas muito bem utilizados.”

 

O diretor técnico do Hospital Coração de Jesus, o médico Walace Leão, explicou que “a saúde é algo muito complexo, que envolve a parte psicológica, do metabolismo, da ação dos medicamentos, já existem estudos comprovados que revelam que um ambiente agradável, climatizado, aconchegante , contribui bastante nas evoluções de doenças, tratamentos, pós-operatórios, a população só tem a ganhar. Frisamos que estamos aplicando muito bem os recursos que são provenientes da prefeitura e do estado e prestando essa contrapartida a população, com um serviço humanizado e de muita qualidade. Eu não tenho receio de dizer que estamos entre os municípios no estado com melhor estrutura, sendo 100% Sus.”

 

O secretário de saúde Altair Timóteo de Araújo, disse que os recursos foram muito bem aplicados, os equipamentos vieram em boa hora, tanto para os pacientes quanto para os acompanhantes que vão tem muito mais conforto no tempo em que tiverem que ficar no hospital.  “Isso é possível hoje somente por que temos uma gestão que prioriza realmente a questão da saúde, estamos executando esse trabalho com muita qualidade e na contra mão do vemos no estado, com um trabalho sério, melhorando a saúde tanto no hospital quanto na rede de saúde do município,” relembrou o secretário.

 

A vice-presidente da ASAS- Associação Amigos da Solidariedade,  instituição sem fins lucrativos, que foi criada para gerenciar o HMCJ, Lori Glesse, comemorou a aquisição, “nós agradecemos ao poder público que vem confiando e fazendo muito pelo hospital, sabemos que na cidade quando se necessita de um atendimento médico de urgência todos, mesmo quem possui plano de saúde acaba sendo atendido aqui, por isso, para o bem da saúde da população campo-verdense essa aquisição é de extrema importância, para que possamos continuar realizando um bom trabalho na cidade e oferecendo cada vez mais, um atendimento de qualidade.”  

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Órgãos municipais não funcionarão nesta quinta e sexta-feira

Desta forma, apenas os serviços considerados essenciais, como SAMU, Hospital Municipal Coração de Jesus, coleta de lixo, limpeza pública e manutenção de estradas, terão o funcionamento normal.

Batata-doce surge com potencial para transformar a vida de pequenos agricultores

Após 15 anos de pesquisa foi possível comprovar a eficiência da batata-doce industrial como matéria-prima ecologicamente correta para geração do Etanol Social.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.