INCLUSÃO /

Segunda-feira, 22 de Abril de 2019, 07h:00

A | A | A

Professora ensina libras a alunos de Poxoréu

A Escola Professora Juracy Macêdo foi a escolhida, pois trata-se da unidade escolar que tem o maior número de estudantes surdos matriculados.


Imagem de Capa
Assessoria de Imprensa

 

Diante das demandas sociais que se apresentam e com a necessidade de cumprir a Lei nº 10436, de 24 de abril de 2002, que reconhece a Língua Brasileira de Sinais – Libras como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais - Libras da comunidade surda no Brasil, uma professora da IFMT está desenvolvendo um projeto com moradores de Poxoréu, que tem como objetivo ensinar Libras para a comunidade/estudantes surdos.

O projeto é desenvolvido por Adriana Pereira, servidora do Instituto Federal do Mato Grosso –IFMT -  campus Primavera do Leste. Ela é tradutora e intérprete da Língua Brasileira de Sinais – Libras. Ela conta que resolveu desenvolver o projeto após mapear a comunidade surda do município de Poxoréu, e ter constatado que aproximadamente noventa por cento dos surdos da cidade aprendeu Libras tardiamente e outros ainda usam sinais emergentes (caseiro) para se comunicar. “Sendo assim, eu tive a iniciativa de submeter um projeto de pesquisa no IFMT e ofertar para a comunidade surda de Poxoréu o Ensino da Libras, no intuito de atender todos os surdos desse município”, frisou a pesquisadora.

O curso acontece uma vez por semana na Escola Estadual Juracy Macêdo, em sala que foi cedida. “Em conversa com o gestor Geniel Silva, a coordenadora Saira Gimenes e Assessora Pedagógica Nelice Antunes, buscando parceiras para a realização do projeto, prontamente eles disponibilizaram uma sala de aula para a realização do curso”, explicou a professora.

A escola Professora  Juracy Macêdo, foi a escolhida, pois trata-se da unidade escolar que tem o maior número de estudantes surdos matriculados. “Entretanto mesmo com a lei 12.319/10, que regulamenta a profissão de tradutor e intérprete de Língua Brasileira de Sinais – Libras, ainda existe a carência de profissionais com formação específica para atuarem no município de Poxoréu, sendo assim,  os discentes surdos matriculados  estão sem   acessibilidade da Libras no ambiente escolar, que é a primeira   língua (L1) dos Surdos”, destacou.

A proposta inicial é ofertar a o ensino de Libras para a comunidade/estudantes surdos e posteriormente, caso haja recursos e parcerias, pretende dar continuidade a formação em Libras para os profissionais das escolas que tem surdos matriculados sem o atendimento de o Intérprete de Libras.

O curso ainda conta com o apoio de duas estudantes surdas que residem em Primavera do Leste “ Paula e Joelma” que estão cursando o primeiro semestre de Pedagogia no IFMT/UAB, as mesmas são fluentes em Libras, o que permite melhor interação entre os surdos, fortalecendo a Cultura Surda. “O projeto também tem o apoio de pais e parentes de estudantes surdos. Acreditamos que a iniciativa deste projeto irá despertar na comunidade o desejo em buscar qualificação específica para atuarem como intérprete de Libras, no município, seja na rede de ensino ou na comunidade”, frisou Adriana Pereira.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Vacina BCG estará disponível em duas unidades, às segundas e quintas

Frascos serão abertos no período da manhã

Menores poderão entrar na Expoprima

Algumas exigências devem ser cumpridas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.