INVESTIGAÇÃO /

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019, 07h:00

A | A | A

Empresa de Primavera é vítima de golpe ao pagar fatura de energia falsa

A fatura recebida por e-mail possui layout idêntico ao da original e poucas informações divergem


Imagem de Capa
Pérsio Souza

Com o avanço tecnológico, fazer operações bancárias, transações e pagamentos ficou cada vez mais fácil. Junto a este crescimento passamos a ser mais sustentáveis e optar pela praticidade, na qual abolimos o papel e recebemos as faturas direto no e-mail. No entanto, estamos mais expostos a crimes virtuais. Prestar atenção nos mínimos detalhes é a única saída de evitar ser vítima de estelionatários.

Devido ao atraso na fatura de energia, emitida pela Energisa, o representante financeiro da empresa Pinesso Máquinas foi até a concessionária buscar o boleto. Ao chegar lá, descobriu que uma das contas que a empresa já havia quitado, na verdade não estava paga.

As cobranças de energia da Pinesso Máquinas chegam por e-mail no início de cada mês, pois o vencimento é dia 19. Em setembro, o setor financeiro recebeu a conta no período que as demais sempre chegam e com valores na média das últimas. Sem desconfiar de nada, o boleto de pouco mais de R$ 2 mil foi pago, no entanto, a empresa descobriu que foi vítima de estelionato.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Pinesso, a fatura recebida por e-mail possui layout idêntico ao da original e poucas informações se divergem da outra, como e-mail da concessionária e a instituição financeira. Detalhes reparados por poucos. Até mesmo a logo da Energisa é o mesmo.

O Diário teve acesso às duas faturas da empresa, a encaminhada pelo estelionatário e a original. Somente através de uma análise minuciosa é possível perceber as diferenças. A data de vencimento, valores e as informações são idênticas.

Com os dados da fatura falsa, a empresa buscou por mais informações e descobriu que a conta está em nome de Urpay Tecnologia em Pagamentos LTDA, de Palmas, no Tocantins, com situação cadastral ativa desde 2016.

Ao consultar o site da Urpay (https://www.urpay.com.br/), diz ser uma empresa especializada em vários meios de pagamento e contam com os serviços de: conta digital, boleto personalizado, máquina de cartão e conciliação. “Pensando em economizar seu tempo e visando praticidade, você pode gerar um boleto único, personalizado à sua maneira. E a melhor parte é que você só paga taxa perante compensação”, diz a explicação em relação à geração de faturas.

A Pinesso Máquinas decidiu se manifestar sobre o caso para que a população tenha conhecimento do crime. Além disto, o objetivo da empresa é alertar que qualquer pessoa, seja física ou jurídica, pode ser a próxima vítima.

A empresa procurou a Polícia Civil e registrou o crime de estelionato.

 

PROCON EMITIU ALERTA SOBRE FATURAS FALSAS

O Procon emitiu alerta aos mato-grossenses para a ocorrência de fraude em faturas, inclusive de energia elétrica. Os consumidores devem prestar atenção aos dados e ao código de barras das faturas, antes de efetuar o pagamento. Ao menor sinal de adulteração, a orientação é entrar em contato com o fornecedor para checar o documento.

O órgão de proteção ao consumidor registrou reclamação de usuário que recebeu por e-mail conta fraudada da concessionária de energia e buscou o Procon para tentar ressarcimento. Adriano Borges, proprietário de uma madeireira em Cuiabá, relatou ao Procon-MT que há cerca de seis meses a empresa não recebe a fatura no endereço, sendo necessário acessar o sistema da Energisa para gerar 2º via.

Em junho deste ano a empresa recebeu o boleto por e-mail, idêntico ao que estava no site, inclusive o valor. Por isso, pagou a conta. O susto veio quando a Energisa chegou na empresa para cortar a energia. Ao procurar a fornecedora, Adriano descobriu que um outro e-mail estava cadastrado para receber a fatura original.

Caso o consumidor não consiga resolver a questão junto à empresa, basta registrar reclamação na plataforma www.consumidor.gov.br ou ir até uma unidade do Procon.

 

ORIENTAÇÕES DO PROCON

Antes de pagar qualquer fatura ou boleto bancário, a coordenadora do Procon de Primavera do Leste, Aline Crema Fossari, orienta o consumidor a checar os dados impressos:  número e nome do banco, código de barra, CNPJ da empresa emissora, data de vencimento do título, valor e se o nome da empresa que aparece na transação bancária confere com a que consta no boleto.

“O alerta serve para os boletos impressos pela internet, recebidos por e-mail e até mesmo os chegam diretamente em casa ou empresa. Também é importante observar a qualidade do documento, ou seja, se mantém o mesmo padrão visual e se possui erros de português ou de formatação”, alerta Aline Fossari.

 

OUTRO LADO

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Energisa e questionou se a concessionária possui conhecimento sobre este tipo de golpe. Além disto, perguntamos sobre orientação aos consumidores e a possibilidade de campanha de conscientização, no entanto, não tivemos os questionamentos respondidos até o fechamento desta edição.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Estado inicia matrículas de alunos

Período é até 6 de março através do www.seduc.mt.gov.br

CNJ premia empresa de Primavera do Leste por boas práticas na infância

Projeto Humanização e manejo da dor na aplicação de vacinas será aplicado a nível nacional

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz