NATUREZA /

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2020, 07h:00

A | A | A

Bombeiros orientam população a como agir caso se deparem com animais silvestres em via pública

Nesta época do ano é mais comum que animais saiam de seus habitats em busca de alimentos


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Primavera do Leste é uma cidade cercada por algumas reservas ambientais que estão localizadas no Lago Municipal, atrás do Detran, Furnas da Tamil, Jardim das Américas, entre outras. Por isso é comum se deparar com animais silvestres em via pública. Um dos últimos flagrantes feitos mostram uma cobra, da espécie jiboia, atravessando a via que dá acesso ao Buritis e um casal de anta, na rotatória da Avenida Paraná com a Avenida dos Lagos.

 

De acordo com os bombeiros, esta época do ano, é mais comum que os animais saiam de seus habitats em busca de alimento e não há motivo para que a população se preocupe. E que ligue 193 para solicitar a captura deste animal. “No caso da cobra, é uma jiboia e ela não apresenta risco a população, assim como as antas. A orientação que passamos a população é que nos ligue, e deixem que os animais façam a sua passagem tranquilamente”, frisou o sargento Ademar.

Quando capturados esses animais são novamente devolvidos a natureza, alguns ficam pelas reservas mais próximas da cidade, já outros animais precisam ser levados para mais longe. “Temos algumas reservas que possuem até uma passagem para esses animais circularem. Mas muitas vezes eles passam a cerca e vem para as vias em busca de alimentos. Quando se trata de animais maiores, levamos para locais mais distantes até mesmo para evitar qualquer incidente”, destacou o sargento.

O sargento destacou que a falta de um local apropriado para levar animais silvestres e também domésticos capturados dificulta o trabalho dos bombeiros. “O certo seria ter um local para levar esses animais. As vezes eles estão machucados e como não temos para onde levar para ele se recuperar, acabamos soltando no habitat natural sem esse cuidado. Os animais domésticos a mesma coisa, muitas vezes não temos onde deixar, e temos que contar com a ajuda da ONG S.O.S Animais, e sabemos que eles também não têm recursos. Então o ideal seria um local próprio para isso”, ressaltou.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz