propaganda

EDITORIAL /

Segunda-feira, 09 de Janeiro de 2017, 16h:52

A | A | A

Uma carta para Leo

Leitora envia uma carta falando sobre o prefeito interino Leonardo Bortolin


Hoje ao abraçá-lo como prefeito me emocionei pela sua história de vida e aonde você chegou. Conheci você Leo no famoso debate na arena da Unicen com os candidatos a prefeito de Primavera do Leste – Getúlio Viana, Paulo Bersch e Irineu Veit– e você fez, na oportunidade, a fatídica pergunta sobre a máfia dos combustíveis e o possível envolvimento do Getúlio no processo. Seu questionamento chamou a atenção de todos os presentes. Estávamos em lados diferentes – você com Paulo Bersch e eu uma das coordenadoras da campanha de Getúlio, mas a sua ousadia, coragem e engajamento despertaram em mim a vontade de conhecê-lo pessoalmente. 

Dias mais tarde encontrei você com uma amiga e ela sabendo da minha curiosidade nos apresentou – esse é o rapaz da pergunta. Daí em diante nos aproximamos, surgiu uma amizade legal, admiração mutua cumplicidade e, principalmente nos tornamos aliados. Você se revelou perfeito com maestria nas eleições do Eraldo para prefeito e outras do Luizinho para deputado estadual. Na Assembleia Legislativa foi brilhante como assessor de Luizinho Magalhães.

Quando você decidiu sair dos bastidores e ir para o enfrentamento político, Primavera ganhou e a população mais ainda. Venceu a eleição para vereador com uma margem surpreendente de votos, se sagrou o mais votado e se revelou um político de ponta – que gosta de gente, que trabalha que não admite a mesmice, que avança que briga que tem pressa, enfim um político moderno integro e transparente.

E agora Leo como prefeito você continua surpreende, fazendo diferente, trabalhando, buscando fazer o melhor, ouvindo a população, falando a língua do povo, ouvindo com humildade e dividindo responsabilidades com apoiadores, aliados, empresários, com a população, enfim com quem ama Primavera. Parabéns Leo, continue sendo o Leo que admiramos, não mude, questione, busque respostas sempre, mesmo para perguntas difíceis como a do famoso debate. E se precisar perguntar, pergunte, pergunte, pergunte. Nem sempre terá respostas, mas pergunte. Seu pai, onde ele estiver e sua mãe, fiel escudeira estão orgulhosos do conjunto da obra.

Um beijo grande,

Maria Luiza

 

 

3 Comentário(s)
Este idiota fez uma pergunta particular contrariando a vontade da turma de direito que ele representava - em torno de 200 alunos. Inconsequente e egoísta - eu também estava lá dona maria - e não vejo motivo nenhum de fazer de um ato tosco, um pedestal!
enviado por: João em 10/01/2017 às 14:12:39
6
 
2
responder
Pois é... as vezes a vontade de todos esconde interesses. Nesse hora se destacam as pessoas especiais, veja aonde ele chegou e onde você está. Parabéns ao Léo.
enviado por: Só Acho em 11/01/2017 às 09:23:52
0
 
2
responder
Pois é... as vezes a vontade de todos esconde interesses. Nesse hora se destacam as pessoas especiais, veja aonde ele chegou e onde você está. Parabéns ao Léo.
enviado por: Só Acho em 11/01/2017 às 10:54:46
0
 
2
responder
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz