COVID-19 /

Terça-feira, 31 de Março de 2020, 10h:44

A | A | A

Sobe para 18 o número de casos confirmados em Mato Grosso

Outros 210 casos notificados são investigados no estado


Imagem de Capa
Da Redação/Com Informações SES

Em Boletim Epidemiológico divulgado na segunda-feira (30), a Secretaria de Estado de Saúde confirmou 18 casos confirmados de Covid-19, outros 210 casos notificados de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que incluem o Covid-19 e outras influenzas, são investigados em todo o estado.

 

Os casos confirmados são 12 em Cuiabá, dois em Várzea Grande, um em Nova Monte Verde e três em Rondonópolis. A média de idade dos pacientes confirmados com coronavírus no estado é de 40 anos, sendo 11 mulheres e sete homens. Dos 18 casos confirmados, 4 estão hospitalizados, sendo dois em Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e dois em enfermaria. Dos 210 casos suspeitos, 64 estão internados, 46 deles em enfermarias e 18 estão em UTIs.

No período de 20 a 27 de março, o Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT) analisou 242 amostras, para SARS-CoV-2. Deste, foram registrados 236 testes com resultado negativo.

 

RECOMENDAÇÕES

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz