propaganda

TECNOLOGIA /

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2020, 06h:30

A | A | A

Projeto de Startup desenvolvido em Primavera do Leste é selecionado no Programa Centelha

Trata-se de um software para Gestão Inteligente e Sustentável da Cadeia do Algodão


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

O Governo do Estado de Mato Grosso em parceria com Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), divulgou recentemente o resultado final do Programa Centelha MT, executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). Um projeto de Primavera do Leste do Leste foi selecionado. Trata-se de um software para Gestão Inteligente e Sustentável da Cadeia do Algodão.

 

O objetivo do programa Centelha é estimular a criação de empreendimentos inovadores, ampliando a quantidade e a qualidade das propostas de empreendimentos de base tecnológica. Além disso, o Centelha MT busca incentivar a utilização dos resultados de pesquisas produzidas em Instituições de Ciência e Tecnologia no desenvolvimento de produtos, processos e serviços.

João Mascaro é o autor do projeto selecionado de Primavera do Leste, ele explica, que a criação do projeto teve como base uma necessidade do setor. “Esse é um projeto de startups, que será desenvolvido com a Embrapa Instrumentação de São Carlos e com a Universidade Federal do Mato Grosso e apoio do Ima. Essa foi uma demanda do setor que eu identifiquei e que esses parceiros resolveram estudar e desenvolver uma solução, e eu deverei explorar comercialmente esse produto com mais pessoas. Mas eu estarei criando uma empresa para isso”, explicou Mascaro.

grafico centelha 2.jpg

 

Os projetos aprovados são oriundos de 16 municípios e têm diferentes temáticas, se destacando as tecnologias sociais, seguida por TI Telecom, inteligência artificial, química e novos materiais.

Em Mato Grosso foram recebidas 498 inscrições entre os meses de outubro de 2019 e janeiro de 2020. Desse total 200 propostas foram selecionadas para a segunda fase e 100 passaram para a terceira fase, chegando ao final com 28 aprovadas e 23 classificadas.

Os projetos aprovados serão apoiados com até R$ 60 mil por meio de subvenção econômica para desenvolver a ideia transformando em negócio. O investimento é oriundo de recursos do tesouro estadual e o restante garantido através da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz