OUTRA VEZ /

Domingo, 17 de Novembro de 2019, 17h:00

A | A | A

Chuva causa prejuízos em Primavera do Leste

Com obra de drenagem suspensa, população só pode contar com “S.O.S Bueiros”, que funciona 24 horas


Carregando fotos
Jaqueline Hatamoto

 Na tarde deste domingo (17) as chuvas voltaram a trazer prejuízos para diversos empresários e moradores de Primavera do Leste. Os principais registros de prejuízos foram registrados no bairro Pioneiro onde uma loja de material de construção, a Construmota ficou completamente alagada. Uma casa na Avenida Cuiabá, também ficou alagada, um veículo ficou preso as águas embaixo do viaduto da MT 130 e a  ponte que dá acesso ao Vale Verde que já estava interditada terminou de cair. Deixando os moradores completamente sem acesso.

Um outro ponto alagado, foi as margens da BR 070, trecho que passou por intervenções recentemente. Estabelecimentos comerciais ás margens da rodovia, ficaram também alagados.

“Faz dois anos que prometeram cortar a Br e resolver, até hoje nada. Tem solução é só ter atitude”, disse Carlos Motta, proprietário da loja que foi alagada.

O empresário complementou ainda “Para começar, essa e outras dezenas de empresas estão em Primavera há décadas, sem incentivos, só na coragem. Aí vem empresas para Primavera, porque nós fizemos essa cidade ser viável.  Aí tem politiqueiros que querem virar estrelas dizendo que trouxeram empresas para Primavera, essa empresa só vem para Primavera porque nós, os pioneiros fizemos acontecer e ai acabamos sendo reféns dessas políticas”, ressaltou o mesmo empresário.

“Isso é o prefeito que nós temos com a conversa mansa dele vai longe, só promessas”. Disse comerciante a margens da BR 070.

As obras de drenagem, que resolveriam o problema de alagamentos em Primavera do Leste foram suspensas em novembro de 2018. Sob a justificativa de que seriam retomadas na época da seca. Em maio de 2019, a redação do Jornal O Diário, perguntou ao poder público, se as obras retornariam. A resposta foi que a continuidade da obra estava sob análise.

Em agosto o poder público disse que não retornaria com a obra no centro da cidade, e a justificativa foi, “as obras de drenagem pluvial estão suspensas na região central devido a constantes reclamações dos moradores que se mostraram, em sua maioria, insatisfeitos com os transtornos ocasionados pela instalação das manilhas”.

Na época em que falamos com a empresa que venceu a licitação, a Precon, fomos informados que aguardavam apenas a autorização da Prefeitura para dar seguimento aos serviços.

Na época em que a obra foi paralisada, em novembro de 2018, 36,59% da obra que tem 8 mil metros já tinham sido concluídos, e de acordo com o Portal da Transparência, a empresa recebeu pelo serviço pouco mais de R$ 942 mil, referentes aos serviços de construção de asfaltos, meios-fios, galerias e sarjetas. A obra foi orçada em R$ 2,5 milhões. Os recursos para pagamento da obra vieram do governo federal.

Para realizar o pagamento de maneira correta, o Poder Público envia um engenheiro civil até a obra e cabe ao profissional conferir se realmente a empresa executou a metragem informada, essa conferência ocorre antes do pagamento.

No Portal da Transparência também consta a informação que em 31 de dezembro de 2018, houve a anulação de empenho no valor de R$ 1.486.683,21 (um milhão, quatrocentos e oitenta e seis mil, seiscentos e oitenta e três reais com vinte e um centavos).

Em relação ao valor que ultrapassa R$ 1,4 mi, a Prefeitura informou que os recursos conquistados para essa obra podem ser utilizados em outro lugar, já que não são carimbadas - quando o recurso não tem um direcionamento.

Com obras de drenagem suspensas, a única alternativa que o morador de Primavera do Leste tem é de ligar para o “SOS Bueiros”, programa criado pela administração pública, para que caso o morador veja algum bueiro entupido, ligue para o número (66) 99965 3989 e solicite a limpeza imediata. Durante este período chuvoso, o serviço funcionará 24h.

PONTE TERMINA DE CAIR

No último dia 31, a ponte que dá acesso ao Vale Verde, cedeu após a fortes chuvas, apesar do local estar interditado desde então, alguns moradores ainda se arriscavam em passar pelo local. Porém, depois da chuva deste domingo (17), as cerca de 7 mil famílias terão que se utilizar de outras vias para chegar até a cidade de Primavera do Leste.

Em outubro, os prefeitos de Primavera e Poxoréu anunciaram que a ponte seria substituída por uma de concreto.

A ponte já passou por quatro reformas e a menos de 30 dias, a prefeitura de Primavera do Leste havia realizado a manutenção da cabeceira da ponte. Para evitar que novamente a ponte apresente problemas, o prefeito Leonardo Bortolin anunciou que a prefeitura de Primavera fará a doação de vigas de concreto para a prefeitura de Poxoréu.

“Não adianta mais fazer manutenção em ponte de madeira e essa voltar a apresentar problema. Então estaremos encaminhando para a Câmara de Primavera, um projeto de lei autorizando a doação de vigas de concreto para a Poxoréu. O município vai ajudar na base e na consolidação, bem como na prestação de serviço para execução da ponte, e assim fazer uma ponte de concreto”, frisou Léo.

O prefeito do município vizinho, Nelson Paim, pediu paciência aos moradores da região, já que será necessário interditar o local e aguardar os trâmites legais burocráticos. “Vamos fazer mais uma vez uma parceria entre as prefeituras e vamos trabalhar com a equipe técnica. Já pedi para fazer um decreto de emergência para dar legalidade para uma possível dispensa de licitação.  Com a doação das vigas pela prefeitura de Primavera, nós temos a expectativa de fazer a construção da ponte, mas só que de concreto que é o que realmente precisa aqui. Para isso temos que seguir alguns trâmites, como licenciamento ambiental e toda documentação para não ter problemas futuros. Por isso peço que tenham paciência”, frisou Paim.

Estima-se que a ponte custará R$ 500 mil.

 

1 Comentário(s)
INCRÍVEL COMO TUDO É SUPERFATURADO, SERÁ QUE NÃO CONSEGUIMOS COLOCAR NO PODER PESSOAS HONESTAS NESSE PAÍS.DEPOIS O POVO RECLAMA QUE O BRASIL NÃO VAI PARA FRENTE POR CONTA DOS CORRUPTOS EM BRASÍLIA, MAS A CORRUPÇÃO ESTA DESDE AS PEQUENAS CIDADES ATÉ OS GRANDES CENTROS BRASILEIROS
enviado por: OSCAR HENGEN em 21/11/2019 às 08:27:38
0
 
0
responder

MAIS Primavera Do Leste

Radares da BR-070 começam a funcionar

Em Primavera do Leste são 07 aparelhos espalhados por aproximadamente 10 quilômetros

MP da liberdade econômica permite que comércio abra nos feriados

Aciple recomenda que comerciante analise se compensa e que cumpra com leis trabalhistas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz