RETROSPECTIVA /

Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Cerca de 600 casos de dengue são registrados e uma morte é confirmada em 2019

Situação de emergência e reativação da sala da dengue


Imagem de Capa
Da Redação

O tema dengue foi abordado amplamente pela mídia local, estadual e nacional. Por diversas vezes O Diário abordou os números elevados de casos no município e região. Durante este ano foi necessário o Poder Executivo decretar estado de emergência e reativar a Sala de Controle. O Aedes Aegypti vitimou uma criança de 11 anos, que morreu de dengue grave. No entanto, mesmo assim a população ainda não conscientização e números de vítimas do mosquito continuam a aumentar.

De acordo com o Informe Epidemiológico, da Secretaria Municipal de Saúde, emitido em dezembro, referente ao mês de novembro, foram registrados 836 casos de dengue, sendo descartados 240 e confirmados 585, com um óbito.

Julia Garcia, 10 anos, teve a morte confirmada pela Secretaria de Saúde, vítima de dengue grave, três dias depois que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ela deu entrada no pronto-socorro no dia 3 de maio e morreu no dia seguinte. 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) emitiu parecer e confirmou que a causa da morte da criança de 10 anos por dengue grave. A família de Julia realizou campanha para tentar conscientizar a população no intuito de acabar com a proliferação do Aedes Aegypti.

No mesmo mês da morte, a Prefeitura publicou decreto de Estado de Emergência na saúde pública de Primavera do Leste em razão do aumento de 428% dos casos de dengue relatados no mês de março.

O documento permitiu que a Prefeitura tivesse autorização para fazer contratação temporária de pessoal, bem como o trabalho de jornada extraordinária dos servidores. O documento ainda permite a dispensa de licitação em caráter emergencial para contratar ou adquirir bens e serviços para atender o objetivo da ação.

O Poder Público também precisou reativar a Sala de Controle, para que fossem traçados objetivos para controlar os casos de dengue na cidade. Desde quando foi reativada, diversas ações de conscientização foram realizadas, limpezas de casas e terrenos, orientações e notificações.

A Sala de Controle é composta por membros dos poderes Legislativo e Executivo, bem como representantes das secretarias de Saúde, Educação, Obras e Meio Ambiente e também Polícia Militar, sociedade civil organizada e imprensa. A sala foi instituída no ano de 2016.

 

ZIKA E CHIKUNGUNYA

Em relação a chikungunya, os casos registrados entre janeiro e novembro deste ano somam 11, sendo seis descartados, dois em investigação e três confirmados.

Já os casos de zika, foram feitos 19 registros, no qual 15 foram confirmados, dois descartados e outros dois seguem em investigação.

 

RECOMENDAÇÕES

Para reduzir a proliferação do mosquito vetor das doenças, o Ministério da Saúde aconselha a população a manter ações de prevenção, como verificar se existe algum tipo de depósito de água no quintal ou dentro de casa. Outra recomendação é lavar semanalmente, com água e sabão, recipientes como vasilhas de água do animal de estimação e vasos de plantas.

Não deixar que se formem pilhas de lixo ou entulho em locais abertos, como quintais, praças e terrenos baldios é outro ponto importante. Outro hábito que pode fazer diferença na prevenção da dengue é a limpeza regular das calhas, com a devida remoção de folhas que podem se acumular durante o inverno.

 

TRANSMISSÃO POR RELAÇÃO SEXUAL

Ainda neste ano, em Madri, na Espanha, foi detectado um dos primeiros casos de transmissão sexual de dengue no mundo. Um jovem se contaminou ao manter relações sem proteção com outra pessoa que havia voltado doente de uma viagem pelo Caribe. As provas genéticas demonstraram que as cepas do vírus encontrados nas amostras tomadas dos dois pacientes são idênticas as que circulam em Cuba.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz