REFLEXÃO /

Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2019, 07h:00

A | A | A

Igualdade social

De acordo com esse princípio, todos têm direitos e obrigações, e, portanto, estão sujeitos à aplicabilidade da lei que os regem.


Imagem de Capa
Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Define-se igualdade social como a situação na qual não se deve apresentar diferença quantitativa, qualidade ou valor. Ambas devem se mostrar nas mesmas proporções, nem mais, nem menos.

Assim, a igualdade social consiste no “fato de não se apresentar diferença de qualidade ou valor, ou de, numa comparação, mostrarem-se as mesmas proporções, dimensões, naturezas, aparências, intensidades; uniformidade; paridade; estabilidade”.

De acordo com esse princípio, todos têm direitos e obrigações, e, portanto, estão sujeitos à aplicabilidade da lei que os regem. Direitos esses com o mínimo de dignidade, conforme disciplinados na Constituição Federal.

São direitos relacionados ao bem-estar social, à saúde, à Assistência Social, entre outros, ou seja, são as garantias fundamentais à subsistência humana, uma vez que fazem o resgate de valores inerentes ao homem, e visam reduzir as diferenças na ralação de pessoas.

Conhecer e usufruir tais direitos são exercícios de plena cidadania, e, portanto, dever do Estado em disponibilizá-los a cada cidadão, independente de suas condições financeiras, credo ou religião.

Falar em igualdade social requer um olhar mais atento à sua volta, pois o assunto é bastante discutido, porém pouca ou quase nenhuma ação é feita neste sentido.

A igualdade tornou-se um sonho, muitas vezes impossível, embora seja algo bonito, mas na prática, a sua aplicação é falha, e tem se tornado um grande pesadelo vivenciado pela sociedade. 

A brutalidade desencadeada pela busca de uma justiça social é tamanha que tem levado ao colapso civilizações ao longo da história da humanidade, pois se vê o extermínio das relações sociais, sempre com base “bons valores”.

Quando as pessoas buscam igualdade, é claro que está indo ao encontro de algo bom aos seus interesses, na maioria das vezes, até de forma coletiva, acima dos interesses pessoais, uma vez que se busca a satisfação de necessidades.

O fato de deixar de pensar apenas no próprio bem-estar e passar a ver o outro de forma coletiva pode ser uma atitude nobre, que certamente transpassaria as vontades, anseios e desejos para o bem maior. Trata-se de um sonho bonito, mas quase impraticável.

 

Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Formado em Direito e Letras

Professor na Rede Pública do Estado de Mato Grosso

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Conflitos interiores

O homem vive em constante conflito consigo mesmo

O fogo não dorme!

Entre uma área em chamas vorazes e outra sem as chamas, tem gente, têm máquinas, tem suor e trabalho ininterrupto

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.