Tecnologia /

Domingo, 22 de Março de 2020, 09h:31

A | A | A

Pela primeira vez, SMS é enviado diretamente do espaço

arrow-options Unsplash/Gilles Lambert Mensagem foi enviada de satélite Com o objetivo de permitir uma conectividade global mais estável, a startup...


Imagem de Capa

Olhar Digital

Android celular SMS arrow-options
Unsplash/Gilles Lambert
Mensagem foi enviada de satélite


Com o objetivo de permitir uma conectividade global mais estável, a startup Lynk , fundada em 2015, pretende enviar antenas telefônicas para o espaço. E o que parece um sonho distante para uma startup está se tornando cada vez mais real. A empresa conseguiu enviar uma mensagem de texto SMS  diretamente do espaço para um smartphone Android .

Em seu site oficial, a empresa diz que sua missão é "democratizar o acesso ao conhecimento, tirar proveito da tecnologia proprietária e empregar pessoas de alto calibre com diversas origens".

Leia também: Xiaomi manda câmera de 108 MP do Mi 10 Pro para o espaço; confira as imagens

A mensagem de texto foi enviada de um satélite de órbita terrestre baixa para um aparelho Android não modificado, presente nas Ilhas Falkland. Tudo aconteceu no dia 24 de fevereiro e foi validado por um observador externo, sem conexão com a empresa. Todo o evento foi gravado e postado no canal da Lynk no Vimeo .

Embora a Lynk não seja a única companhia que tenta levar as telecomunicações para o espaço , ela foi a primeira a efetivamente fazê-lo. Agora, a startup trabalha com outras 30 operadoras de telefonia móvel para que a tecnologia espacial possa chegar ao mercado e, consequentemente, às nossas casas. Se tudo der certo, em breve poderemos ter conectividade móvel mais eficaz e de baixo custo , melhorando a comunicação entre dispositivos de todo o planeta.

Leia também: Do carro inteligente à “superinternet”: o que o Brasil perde com o atraso do 5G?

"Com a permissão dos reguladores, estamos confiantes que poderemos trazer uma solução de classe mundial para um mercado de bilhões de pessoas até o final deste ano", destacou o CEO e cofundador da empresa, Charles Miller, em comunicado.

Pelo progresso que tem feito, tudo indica que a Lynk conseguirá realmente alcançar seu objetivo. No início deste mês, a empresa já havia enviado a quarta antena de telefonia móvel para o espaço, a bordo da missão CRS-20, da SpaceX . Com essa nova antena posicionada, a companhia pretende incluir mais países em seus próximos testes, a serem realizados ainda neste ano.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz