Polícia Federal /

Quinta-feira, 05 de Setembro de 2019, 01h:30

A | A | A

Operação Placebo investiga grupo que comercializa ilegalmente produto destinado a fim terapêutico

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (04/09) a OPERAÇÃO PLACEBO, visando desarticular um grupo criminoso que produz e introduz irregularmente...


Imagem de Capa

Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (04/09) a OPERAÇÃO PLACEBO, visando desarticular um grupo criminoso que produz e introduz irregularmente no país, produto usado para fim terapêutico ou medicinal, à base de fosfoetanolamina. 

Policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão em Curitiba, expedidos pela 13ª Vara Federal local.

A investigação teve início a partir de denúncia recebida na Polícia Federal no Paraná. Perícia realizada no medicamento, no curso da investigação, não constatou a presença da substância fosfoetanolamina.

O medicamento não possui registro nos órgãos competentes, sendo sua introdução e venda em território nacional enquadrada como crime de importação e venda ilegal de produtos com destinação medicinal ou terapêuticas, com pena que pode chegar à 15 anos de reclusão.

 

 

BALANÇO DA OPERAÇÃO

- Três mandados de busca e apreensão cumpridos,
- Uma pessoa presa em flagrante;
- Material apreendido: 160 frascos do produto.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz