Policial /

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2019, 12h:30

A | A | A

Diretoria do interior realiza correição em 13 Delegacias Regionais do estado

Assessoria | PJC-MT A Diretoria de Interior da Polícia Judiciária Civil realiza durante todo o mês de novembro correições presenciais nas 13 Delegacias...


Imagem de Capa

Assessoria | PJC-MT

A Diretoria de Interior da Polícia Judiciária Civil realiza durante todo o mês de novembro correições presenciais nas 13 Delegacias Regionais do interior do estado. A ação visa acompanhar a prestação de serviço das unidades, assim como corrigir possíveis irregularidades nas atividades desenvolvidas. 

O trabalho acompanhado pelo diretor do Interior, Walfrido Franklim do Nascimento, ocorre em cinco etapas, conforme cronograma pré-definido pela diretoria. A primeira fase foi realizada entre os dias 29 de outubro e 01 de novembro nas Regionais de Cáceres (29.10), Pontes e Lacerda (30.10) e Tangará da Serra (31.10).

Segundo o diretor, as ações de correição envolvem o levantamento de dados da estrutura física, como patrimônio, viaturas, armamento, efetivo, procedimentos policiais instaurados e concluídos, apreensões (drogas, armas, veículos e objetos de origem ilícita), além dos índices de produtividade e atendimento prestado ao público. 

A verificação das unidades tem como objetivo o controle interno das atividades policiais visando analisar as condições de trabalho, regularidade dos serviços prestados, eficiência, celeridade, pontualidade, adequação dos procedimentos no sistema Geia, assim como tomar conhecimento de outras informações como denúncias, reclamações sugestões e elogios. 

As próximas etapas ocorrem entre os dias 05 e 08 de novembro nas Regionais de Juína, Alta Floresta e Guarantã do Norte; 11 a 13 de novembro em Nova Mutum e Sinop; 26 a 29 de novembro em Vila Rica, Água Boa e Barra do Garças. As correições finalizam no mês de dezembro, com os trabalhos entre os dias 04 e 06 nas Regionais de Rondonópolis e Primavera do Leste. 

“A Diretoria do Interior tem empenhado esforços para minimizar deficiências eventualmente existentes nas unidades, visando desenvolver melhores condições de atendimento e celeridade, no trâmite dos procedimentos policiais e nos serviços prestados. Apesar do deficit de servidores, as delegacias do interior tem desempenhado suas funções com eficiência, visando o efetivo cumprimento dos seus regulamentos, aos princípios e funções institucionais”, destacou Walfrido.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz