Esportes /

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2019, 06h:04

A | A | A

Se Jardine fosse pedreiro, taxista, piloto de avião ou técnico de futebol

Se o Jardine fosse garçom, entregaria todos os pedidos. Mas todos errados. Imagine a cena: a mesa um pede uma porção de batata frita e uma cerveja....


Imagem de Capa

Se o Jardine fosse garçom, entregaria todos os pedidos. Mas todos errados. Imagine a cena: a mesa um pede uma porção de batata frita e uma cerveja. Ele leva um bezerro manco e xixi de zebra. “Mooooooooo”, diz o bezerro, não acreditando no que vê. O chefe puxa a orelha de Jardine e ele pede desculpas. Mesa dois pede um escondidinho. Jardine, agora atento aos detalhes, se abaixa e se esconde dos clientes. “Não é assim, rapaz”, diz o dono do boteco. “Cê tá ficando xarope”. Uma semana depois, o bar tem seu dia mais importante. Receberá o presidente da República (que também não é grande coisa, muito pelo contrário) e mais uns dois assessores. E mantém Jardine como gerente do bar. É óbvio que vai dar piriri.

Leia também: Análise IMPERDÍVEL sobre a derrota no primeiro jogo

Se o Jardine fosse taxista, levaria todos os passageiros sem reclamar, com sorriso no rosto. Mas levaria para o quinto dos infernos. O primeiro do dia, sete da matina, informa: aeroporto de Congonhas. Jardine se perde, erra o caminho, vai parar em Itapecerica da Serra. “Chegamos, senhor”. Se dá conta que errou. Dá meia volta e vai parar em Araraquara. E em Porto Alegre. E em Belo Horizonte. E em Manaus. No dia seguinte, o mesmo sujeito, acreditando fielmente na volta por cima do ser-humano, vem para outra corrida. Precisa chegar em meia hora. Do Morumbi para Guarulhos. E está com dor de barriga. Jardine como motorista. Óbvio que vai dar piriri. Dos grandes.

Leia também: Somos tão insignificantes que jogamos enquanto choramos

Se o Jardine fosse pedreiro, jamais rejeitaria um serviço. O casal pede um ralo na cozinha. Ele faz o ralo no meio do quarto. De repente, oito ratos saem do ralo. E dez. E quinze. Fazem uma casa dentro da casa. Têm filhos, netos, bisnetos. Mandam embora os donos originais. E Jardine – vendo a besteira que fez – decide tentar expulsar os ratos.  Pensa em todas as possibilidades. Expulsa os ratos colocando queijo em todas as partes. E não se conforma porque os dentuços não fogem do lugar. Tenta comer um dos bichos, vivo. Outra besteira!

Leia também: Jornal coloca Zidane na mira do Chelsea

Se o Jardine fosse presidente do São Paulo , se auto-contrataria para ser técnico do time. A imagem é clara: Insiste em volantes lentos. Em atacantes lentos. Em meio-campistas lentos. E nega os alertas da própria torcida, de saco cheio de suas trapalhadas. Quando a coisa estiver quase perdida, em casa, contra o fraquíssimo Talleres , protagoniza a grande substituição da noite. Para fazer dois gols em 10 minutos e levar para os pênaltis. Ou três, quem sabe. Atenção: coloca o DEFENSOR Araruna para ter mais poder de ataque. Tá na cara: vem piriri aí. E piiiiiiiiiiiiii da arquibancada. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.