Esportes /

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019, 00h:30

A | A | A

Alemanha e Argentina empatam por 2 a 2 em amistoso em Dortmund

arrow-options Divulgação/Twitter Seleção Argentina Em amistoso, Alemanha e Argentina empataram em 2 a 2 O estádio Signal Iduna Park, localizado na...


Imagem de Capa

Lance

Em amistoso%2C Alemanha e Argentina empataram em 2 a 2 arrow-options
Divulgação/Twitter Seleção Argentina
Em amistoso, Alemanha e Argentina empataram em 2 a 2

O estádio Signal Iduna Park, localizado na cidade de Dortmund, foi o palco para a partida amistosa entre Alemanha e Argentina, tarde desta quarta-feira.

Com boa presença do público, os torcedores alemães deram um verdadeiro show nas arquibancadas.

Leia também: Ex-funcionário da Globo processa emissora por direitos de vinheta histórica

Durante a entrada de ambas seleções, um mosaico foi montado caracterizando o gol de Gotze, em 2014, que deu o quarto título da Copa do Mundo a equipe de Löw.

Em geral, apesar de alguns momentos mais ofensivos por parte do time comandado por Lionel Scaloni, Brandt, Gnabry e companhia deram sufoco ao sistema defensivo rival. conseguindo marcar logo 2 a 0. No entanto, a equipe Lionel Scaloni não se abateu e, de maneira heroica, buscou o empate quase no final do confronto.

Agora a Argentina já vira seus olhos para o duelo contra o Equador, domingo (13), em partida que será realizada na Espanha. Já a Alemanha terá compromisso pelas eliminatórias da Euro 2020, diante a Estônia, no mesmo dia.

Primeiro tempo

Não intimidada pela grande presença do alemães nas arquibancadas, a Argentina, nos primeiros movimentos de jogo, até que tentou arriscar-se mais no campo de ataque do adversário. No entanto, com o passar do tempo, a seleção local não deixou barato e também buscou alguns ataques, porém sem sucesso.

Apesar de um certo equilíbrio no início, a Alemanha , aos 15 minutos, abriu a contagem. Em jogada iniciada pela direita, Klostermann aproveitou o erro do adversário cruzando rasteiro, e, na sequência da jogada, Rojo acabou errando o corte, dando a chance de Gnabry conseguiu ganhar na dividida e marcar. 1 a 0

Empolgados com o marcador aberto, a seleção local, aos 21, ampliou. Após roubada de bola no meio-campo, Klostermann arrancou em direção ao ataque, abrindo bem para Gnarbry. O camisa 20, por sua vez, cruzou de forma certeira para Havertz empurrar a bola para o fundo das redes. 2 a 0.

E a seleção tetracampeã seguia na pressão. Aos 30, em bonita cobrança de falta de Halstenberg, a bola bateu caprichosamente no travessão, assustando o goleiro Marchesín, porém, alguns minutos mais tarde, aos 32, foi a Argentina quem assustou o goleiro Ter Stegen em um belo chute de De Paul, que também carimbou a trave.

Até os acréscimos, o jogo passou a ficar mais equilibrado novamente. No entanto, mesmo com boas chegadas de ambas as seleções, foram poucos os lances de perigo, dando a deixa para a arbitragem encerrar a etapa inicial.

Leia também: Cristiano Ronaldo x Messi no UFC? Jogo simula luta entre craques

Segundo tempo

No retorno das seleções para os últimos 45 minutos, apenas os argentinos modificaram seu plantel inicial. O técnico Scaloni optou por colocar Acunã e Ocampos nos lugares de Rojo e Ángel Correa.

Assim como foi na primeira etapa, os alemães não queriam dar chances aos sul-americanos. Apesar de uma certa insistência da Albiceleste em forçar mais jogadas em seu campo de ataque, foram os comandados de Löw quem mantinham as ações em campo, dando mais trabalho ao goleiro Marchesín.

Mais acomodada em campo pelo resultado construído no primeiro tempo, os alemães procuravam manter mais a posse de bola, trocando passes pelo seu campo de defesa. Porém, aos 21 minutos, os argentinos resolveram colocar fogo na partida, ao marcar com Alario, de cabeça, aproveitando bom cruzamento de Acuña. 2 a 1.

O desconto por parte da Argentina ligou o sinal de alerta na Alemanha, que passou a arriscar-se mais ofensivamente. Com algumas substituições de ambos os lados, com destaque para a saída de Dybala, que pouco rendeu em campo, o jogo continuava em um bom ritmo com ambos os times buscando o gol o tempo todo.

Perto dos acréscimos, quando tudo se encaminhava para uma nova vitória alemã, aos 40 minutos, Ocampo igualou tudo em Dortmund. Em jogada iniciada com Alario, o atacante avançou para o campo de ataque deixando a bola para o camisa 24 chutar com direito a desvio em Can. 2 a 2.

Nos últimos minutos do amistoso , era nítido o cansaço nos jogadores, que, praticamente se conformaram com o resultado final.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz