Entretenimento /

Sábado, 08 de Dezembro de 2018, 13h:55

A | A | A

"Matar o Superman foi chilique", conta desenhista na CCXP 2018

Uma HQ que sempre levantou polêmica entre os fãs do Superman foi "A Morte do Superman", de 1993. Presente na CCXP 2018, Tom Grummet , um dos quadrinistas...


Imagem de Capa

Uma HQ que sempre levantou polêmica entre os fãs do Superman foi "A Morte do Superman", de 1993. Presente na CCXP 2018, Tom Grummet , um dos quadrinistas responsáveis pela obra em questão, explicou que, no fundo, a morte do personagem não passou de um chilique da equipe criativa. "Matar o Superman foi o nosso chilique porque não pudemos fazer a história do jeito que nós queríamos", contou.

Leia também: Os destaques do segundo de CCXP 2018

Desenhista fala da morte do Superman na CCXP 2018
CCXP/ I Hate Flash
Desenhista fala da morte do Superman na CCXP 2018


Porém, segundo Tom Grummet explicou aos presentes na CCXP 2018 , esse arco começou como uma piada. "No começo, a gente estava planejando um casamento. De seis meses a um ano antes, o Clark Kent contou pra Louis Lane que era Superman, depois de pedir ela em casamento. Quando eu entrei na equipe, eles estavam noivos", revelou.

"Estávamos pensando nos detalhes dessa história e, em algum momento, o Mike Carlin atendeu um telefonema e disse 'o casamento foi cancelado'. A publicadora cancelou o casamento por causa de um programa de TV, no canal EBC, e eles não poderiam estar casados na HQ para não confundir o público, já que eles não estariam casados na TV. Então, alguém disse 'vamos matar ele'. Foi uma piada, mas eu não sabia disso. O diretor concordou, depois de consultar a publicadora, e disse 'ok, vamos matar o Superman'", contou Grummet.

Leia também: MSP mostra bastidores de "Turma da Mônica - Laços" na CCXP 2018

Ainda de acordo com o quadrinista, esse foi um trabalho mais difícil do que poderiam imaginar. Isso porque não seria tão simples encontrar um vilão capaz de matar o Superman e que convencesse o público. Então, foi necessário inventar um novo vilão - o Apocalypse

Memórias na CCXP 2018

Painel sobre a morte e o retorno do Superman na CCXP 2018
CCXP/ I Hate Flash
Painel sobre a morte e o retorno do Superman na CCXP 2018


Leia também: Com "O Rei Leão" e "WiFi Ralph", Disney tem encontro de gerações na CCXP 2018

Grummet também aproveitou o espaço na CCXP 2018 para relembrar suas memórias emocionais com o personagem. "Minha primeira memória com o Superman foi com o preto e branco, e depois, os quadrinhos. Foi aí que eu descobri que a capa não era cinza, por exemplo, mas sim, vermelha. Graças a ele, eu comecei a me interessar pelos quadrinhos - e isso virou minha paixão, e meu ganha pão também. Se não fosse o Superman, eu não estaria aqui", finalizou.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.