Economia /

Sábado, 20 de Abril de 2019, 23h:51

A | A | A

Não é só Bitcoin! Conheça outras criptomoedas importantes

A primeira moeda virtual criada no mundo é também a mais famosa. Até quem não entende sobre o mercado de criptomoedas já ouviu falar e sabe o...


Imagem de Capa

A primeira moeda virtual criada no mundo é também a mais famosa. Até quem não entende sobre o mercado de criptomoedas já ouviu falar e sabe o que é Bitcoin. Tal fama pode ser explicada pelos grandes picos de valorização que a moeda sofre - em 2014, por exemplo, atingiu uma marca histórica ao valorizar aproximadamente 1900%, enquanto a bolsa subiu 28% no mesmo período. A força do Bitcoin só não é maior devido à sua volatilidade: os preços podem cair ou subir muito em apenas um dia.

Leia também: Entenda como funcionam as criptomoedas

Porém, recentemente, especialistas voltaram a falar das criptomoedas prevendo um novo boom e a consolidação delas no mercado. O investidor Josh Rager sugeriu que a possibilidade de uma pessoa comum comprar um Bitcoin inteiro pode estar chegando ao fim porque “O valor especulativo depois de 2021 poderá estar fora do alcance para a maioria”. 

A imagem é uma representação da cotação de diferentes criptomoedas
shutterstock
Outras criptomoedas disputam mercado com o Bitcoin


Nesse cenário outras moedas criptografadas menos conhecidas competem com o Bitcoin pelo mercado. Com custo mais baixo e picos de valorização, elas também podem representar boas opções de investimento. Conheça as principais e mais valiosas.

Bitcoin Cash (BCH)

A Bitcoin Cash foi criada para substituir o Bitcoin. A intenção era diminuir o tempo de transação do Bitcoin, que chega a ser de um dia. Porém, não houve muita aceitação do mercado e a BCH se tornou uma altcoin com funcionalidades parecidas com as do BTC, mas com algumas melhoras.

Ethereum (ETH)

Quando o assunto é as moedas virtuais mais valiosas, a Ether (ETH) fica atrás apenas do Bitcoin e da Bitcoin Cash. Ela foi criada para funcionar dentro da plataforma de blockchain Ethereum, capaz de executar contratos inteligentes e aplicações descentralizadas.

Além da baixa no mercado de moedas criptografadas o ETH sofre com problemas de escalabilidade, mas um novo sistema de PoW/PoS, chamado Casper, pode consertar o problema e alavancar o preço da moeda virtual nos próximos anos.

Ripple (XRP)

O Ripple (XRP) foi desenvolvido pela organização OpenCoin, que idealizou um sistema de pagamentos em código aberto. A ideia é permitir que o dinheiro circule livremente e com segurança, sem as taxas normalmente cobradas pelas instituições financeiras tradicionais.

Como existe uma grande quantidade dessa moeda criptografada circulando, o custo dela é baixo e os grandes picos de valorização, comuns ao Bitcoin, são raros. Por ter ligação com bancos, como o Western Union, o XRP tem uma boa projeção.

Litecoin (LTC)

Sustentada por uma rede peer-to-peer, a Litecoin (LTC) é inspirada no Bitcoin e tecnicamente muito parecida com a moeda virtual mais famosa do mercado. A principal diferença entre elas é a leveza de processamento: a LTC possibilita sua mineração com hadwares mais modestos.

Passou a ser considerada uma boa alternativa ao Bitcoin por ser mais estável e ter taxas mais baratas. A rapidez das transações também é um ponto positivo.

Zcash (ZEC)

Privacidade é o pilar da moeda criptografada Zcash (ZEC) e por isso ela é muito procurada por quem deseja fazer transações mais particulares. Foi criada em 2016 após o Bitcoin apresentar falhas em manter pessoas e empresas anônimas. 

A garantia da privacidade é o grande motivo da Zcash ter se tornado conhecida em pouco tempo. Em cada transação os dados de quem realizou e de quem recebeu a quantia são ocultados automaticamente.

Existem milhares de criptomoedas além das citadas acima. Antes de investir em alguma delas, analise o preço e o histórico de variação, a popularidade, o volume financeiro e suas parcerias no mercado. Essa pesquisa ajuda a entender o risco que a moeda virtual pouco conhecida pode representar.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz