CIDADE /

Terça-feira, 20 de Agosto de 2019, 10h:03

A | A | A

Campo Verde cresce e se destaca mesmo em momentos de crise

Com essas visitas e entrevistas percebemos que tantos novos investimentos vem surgindo, como alguns da própria cidade vem evoluindo.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Uma onda de novos empreendimentos e construções nos setores do comércio, prestação de serviços e habitação está acontecendo na cidade. E não é propaganda, nossa reportagem foi em loco ver essas mudanças que vem acontecendo.

 

Com essas visitas e entrevistas percebemos que tantos novos investimentos vem surgindo, como alguns da própria cidade vem evoluindo, construindo suas próprias sedes e acreditando no futuro da cidade.

 

Por exemplo, no caso das lojas de departamento, a Gazin já expandiu, esse ano a gigante do setor inaugurou uma nova loja na Rua Belém, e se engana quem pense que não existe mercado suficiente para as duas, tanto que outra gigante do setor o Magazine Luiza, também viu esse potencial e deve ainda esse ano abrir várias lojas em Mato Grosso, Campo Verde é uma das cidades que vai receber uma delas.

 

No setor de saúde, além da construção recente da Med Center Prime, que foi um grande investimentos, outras clínicas estão abrindo as portas em Campo Verde, um bom exemplo disso é a Amical, o empresário Júlio Barbosa Gonçalves nos contou os motivos de iniciar esse empreendimento, segundo ele “desde nos mudamos para cidade há uma ano e meio, procurando uma melhor qualidade de vida, percebemos que Campo Verde é uma cidade muito boa, queríamos realmente morar aqui, um clima muito agradável, próximo a pontos turísticos, uma cidade tão nova mas com um enorme potencial. Desde então observamos o mercado, minha esposa é médica e também proprietária da clínica, então há quatro meses empreendemos no setor de saúde, temos nossos valores, nossa maneira de atender os clientes muito voltado na qualidade e no bom atendimento e vem dando certo, tanto que nós estamos expandindo nosso quadro de profissionais e em breve teremos novidades.”

 

O empresário ainda disse que “sabemos que estamos enfrentando uma crise severa no Brasil, mas mesmo assim enxergamos Campo Verde de maneira diferenciada, eu por exemplo, venho de uma cidade mais isolada no interior do estado, que tem a mesma idade de Campo Verde, mas apenas 14 mil habitantes, morei lá desde 1992 e não enxergávamos nenhuma mudança, eu observo Campo Verde tão nova mas com muitos investimentos, um crescimento bem diferente de outras regiões.”

 

Mesmo em momentos de crise as oportunidades surgem, “justamente devido a essa crise, quando abrimos a clínica pensamos em realizar um trabalho mais adequado para o momento da população, apesar de ser mais accessível não é popular, ou seja, entregamos qualidade, bom atendimento com preços reduzidos. Isso é um grande diferencial,” finalizou Júlio.

 

As empresas da cidade como a Apolo Esportes e Dakasa, empresas tradicionais no município e consolidadas, estão enxergando o futuro e estão investindo em sedes próprias, ambas localizadas no final da Avenida Brasil. As sócias da Apolo, Zélia  e Maria Helena nos disseram que “O objetivo do novo investimento é ampliar o raio de atendimento e atender melhor os clientes.” Elas inda completaram que “acreditamos muito no potencial de Campo Verde, praça  que temos parceiros e um carinho muito especial, com certeza tem um desenvolvimento promissor.”

 

O Sicredi Vale do Cerrado, que tem Campo Verde como sede, também construiu na mesma região um novo prédio, moderno e bonito para abrigar o setor gerencial da cooperativa de crédito que vem crescendo bastante, expandido seus horizontes para outros municípios da região, mas mantendo sua base aqui no município.

 

No setor de mercados, também tem novos investimentos, o supermercado Campo Verde, antigo Paranaense, também inaugurou uma nova unidade na Av. dos Trabalhadores e outra está sendo construída no final da Avenida Mato Grosso, outros do setor como o Supermercado Itália também tem um plano de expansão que deve ser colado em prática em breve. Assim como eles outros mercados menores que atendem regiões específicas vem aumentando seus pontos, outros abrindo portas.

 

No setor de eventos, reuniões e festas também tem investimentos, além do Clube Juventude que atende muitos eventos no município desde que inaugurou seu novo salão, surgiu na cidade um novo espaço de encher os olhos e surpreender até mesmo quem vem da capital. Estamos falando do Espaço Famigliano, que foi inaugurado oficialmente na última semana, mas já está atendendo a eventos, quem visitou o local se mostrou impressionado com a qualidade e refinamento do local que chega para ser referencia na região.

 

Por fim, com essa reportagem, onde percorremos somente a região central da cidade, se percebe que mesmo diante a crise e os olhares pessimistas sobre o futuro, a cidade vem crescendo, Campo Verde ainda é um oásis perto de outras regiões do Brasil.                       

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz