EM PRIMAVERA /

Terça-feira, 14 de Novembro de 2017, 18h:25

A | A | A

Sem providência do Estado, carros apreendidos pela PJC ficam expostos a depredação e furto

Os veículos foram removidos para um pátio cedido pela prefeitura, porém, ainda sem segurança


Carregando fotos
Ítalo Berto

Não bastou a Polícia Judiciária Civil (PJC) de Primavera do Leste tomar atitude junto a prefeitura para solucionar o problema de um local adequado para os carros apreendidos. Os veículos encontram-se em um pátio improvisado onde conforme denúncias que chegaram até o jornal O Diário é propício para que os bandidos “façam a festa”.

Um relato de um morador do Bairro Castelândia diz, e a nossa equipe de reportagem esteve no local para confirmar, que os veículos apreendidos estão sendo depredados. Peças são furtadas por criminosos que, na calada da noite, invadem o local cedido pela prefeitura, ao lado da Secretaria Municipal de Infraestrutura.

No mês de agosto outra denúncia revelou o mau cheiro ocasionado por um caminhão carregado de soja, enquanto estava ao lado da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf). O odor prejudicava uma pizzaria próxima da delegacia, além dos veículos menores impedirem a passagem de pedestres.

Sem uma medida do governo do Estado, os veículos foram removidos para o pátio improvisado, com a falta da devida segurança e sem previsão para serem retirados de lá.

Conforme o delegado regional Rafael Fossari, a Polícia Civil não tem informações que confirmam depredações. Ele afirma que os veículos vão permanecer no local até que o Estado, que já foi notificado, tome uma providência.

Os veículos são de responsabilidade da PJC até que os procedimentos investigativos finalizem e por isso há o acúmulo de carros, motos e caminhões.

O Diário cobrou uma posição da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), que por meio de nota disse: “A Delegacia Regional está trabalhando junto com a Prefeitura para conseguir outro local mais adequado para a guarda dos veículos apreendidos, com segurança para guarda dos carros e motocicletas. Também está fazendo levantamentos para verificar eventuais furtos de peças dos veículos, não tendo até o momento, na Delegacia, nenhuma denúncia dessas subtração de peças ou danos aos produtos apreendidos”. 

Sobre o ressarcimento aos proprietários de veículos em casos de possíveis recuperação dos bens, nada foi esclarecido pela assessoria de comunicação da Sesp.

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!