DE VOLTA /

Sexta-feira, 15 de Março de 2019, 07h:25

A | A | A

Sem recursos públicos, prefeito viabiliza realização da Expoprima

A festa acontecerá de 28 a 31 de agosto e será bancado pela iniciativa privada.


Imagem de Capa
Da Redação

Depois de cinco anos, a população de Primavera do Leste recebeu a notícia de que a Expoprima voltará a ser realizadas na cidade. A volta da exposição agropecuária, que levou o nome do município para diversas cidades do estado, foi divulgada na noite de quarta-feira (13), durante um coquetel realizado pela imprensa. As novidades não param por aí, o passaporte para curtir os quatro dias de festa e os cinco shows serão comercializados a R$ 50 nos primeiros dias e depois a R$ 60.  A festa acontecerá de 28 a 31 de agosto e será bancado pela iniciativa privada.

A organização do evento ficará a cargo de Ricardo Camilo e Tolla Campos, que já possuem uma vasta experiência na realização de festas no porte da Expoprima. Ricardo Camilo conta que há vinte anos promove shows e eventos, ultrapassando a marca de três mil festas realizadas. “Fiz parte como promotor da reestruturação da exposição de Sorriso, fiz uma prestação de serviços em Barra do Garças, participo há muito tempo da exposição de Rondonópolis, Nova Mutum, Sapezal, entre outras”, disse Camilo, que também é empresário da dupla Pedro Henrique e Fernando.

A festa conta com o apoio da prefeitura de Primavera do Leste: “hoje não se encontra legalidade para a prefeitura bancar esse tipo de festa. A prefeitura fez a cessão do local e concessão do direito do nome da festa”. O local escolhido para a realização da festa foi uma área localizada entre o estádio Cerradão e a área do Sindicato Rural.

Vale destacar que o prefeito Léo Bortolin, foi quem realizou toda a articulação política para a volta da Expoprima, ele comenta que esta é a festa raiz da população primaverense. “Sempre foi um anseio o retorno desse evento para a cidade. Toda cidade tem um evento festivo tradicional durante o ano. Por isso procuramos um parceiro que conseguiu formatar uma festa com cinco atrações nacionais em quatro noites e sem recursos públicos. Temos que procurar uma forma de fomentar o comércio e gerar entretenimento e lazer sem onerar os cofres públicos, e é assim que será a edição da Expoprima 2019”.

 

ENTRADA A PREÇOS POPULARES; CINCO SHOWS NACIONAIS

A venda dos passaportes que darão direito a entrada todos os dias da festa, começam na primeira semana de abril. Além de poder assistir aos rodeios e shows, todos os dias serão sorteados R$ 5 mil para quem adquirir a cartela.  “Serão três dias de comercialização ao preço R$ 50, na verdade será um voucher que posteriormente troca por cartelas em si. Para você conseguir um passaporte para garantir a entrada todos os dias, e a pessoa ainda concorrer a R$ 5 mil todos os dias a R$ 50, temos que usar mecanismos de cortar custos. Pois só através do voucher saberemos o número exato de cartelas que teremos de confeccionar”, explicou Ricardo Camilo.

Os shows contratados são: 28/8 - Show com Maiara e Maraísa; 29/8 - Amado Batista; 30/8 - Fernando e Sorocaba; 31/8 - Pedro Henrique e Fernando e Dennis DJ. Os pontos de vendas começarão a ser divulgados já na próxima semana.

Os camarotes e bangalôs já tiveram as vendas iniciadas e o telefone para  contato é o (66) 9-9979 0513 falar com Tolla Campos.

 

MUDANÇA DE FORMATO

A Expoprima deixou de ser realizada em Primavera do Leste em 2014, após o Sindicato Rural decidir por realizar a Farm Show, feira tecnológica. Por isso a versão proposta pela organização, não prevê a exposição de maquinários agrícolas.  “Nosso objetivo não é concorrer com a Farm Show, até porque é uma das feiras mais fortes do estado. A Expoprima é mais entretenimento, será mais agroindustrial e comercial”. Disse Renato Camilo, que fez questão de deixar a sua opinião em relação ao fato do sindicato ter deixado de realizar a festa. “As feiras agropecuárias passaram a dar prejuízos, por isso o sindicato não é obrigado a fazer a festa”, frisou.

 

APOIO DA POPULAÇÃO

Desde quando a Expoprima deixou de ser realizada, a população cobrava pela volta da festa. O primeiro passo foi dado através do prefeito que conseguiu fomentar a realização do evento. Agora os organizadores contam com o apoio da população de uma forma geral.  “Da minha parte, garanto a qualidade.  Não me importa se você comprou uma cartela de R$ 50, ou se comprou um bangalô de R$ 8 mil, logicamente que quem comprou o bangalô terá um banheiro climatizado, mas quem pagar R$ 50 terá o mesmo respeito de quem pagou R$ 8 mil. Tenho que dar a todos condições de mobilidade, tenho que preocupar com a fila, tenho que me preocupar que os shows serão completos, para justificar o dinheiro de cada um.  Quero me manter no negócio por muito tempo e minha ferramenta para isso é a qualidade”, frisou Camilo.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais terá nova eleição para diretoria

Chapa 1 entrou na justiça após apontar irregularidades no processo eleitoral

Em vídeo, prefeito diz que água distribuída em Primavera do Leste será analisada

Leonardo Bortolin utilizou das redes sociais para rebater publicação feita por deputado em relação a qualidade da água distribuída

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.