SAÚDE /

Quinta-feira, 01 de Março de 2012, 05h:00

A | A | A

Primavera é pioneira em Cartão SUS

Primavera do Leste pode comemorar posição de destaque com 100% da população com cartão


Redação: Janine de Oliveira

 

São mais de 74 mil cartões SUS registrados em Primavera
A notícia de que o Cartão do SUS será obrigatório a partir de março em todo país. Levantou a questão de verificar qual é a situação do cartão em Primavera do Leste.
Conforme a nova regra a partir de hoje o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) será obrigatório para todas as pessoas, o objetivo da determinação é a criação de um banco de dados que identifique os usuários e gere um histórico de cada paciente, contendo diagnósticos, avaliações, planejamentos e programação das ações de saúde, que podem ser acessadas de qualquer parte do país.
Segundo o Ministério da Saúde, essa medida faz parte de uma estratégia para oferecer um atendimento ao cidadão e acompanhar a qualidade do serviço prestado. O número do cartão deverá ser preenchido no registro de procedimentos ambulatoriais e hospitalares, mesmo daquelas pessoas que possuem plano de saúde ou são pacientes particulares.
Porém, o que pretende o Ministério da Saúde está longe de ser uma realidade, por falhas no próprio sistema como salientou a coordenadora da Central de Regulação da Secretaria de Saúde de Primavera, Giovana Paula de Oliveira, em entrevista a O Diário e Cliquef5, na tarde de ontem, quarta-feira (29). “O ideal seria que o sistema através dos dados do cartão SUS contivessem informações sobre a vida do paciente, mas isso ainda é um ideal. O que existe é um número de cadastro nacional. Acredito que até chegar a isso ser realidade demandará mais algum tempo” - explicou.
Conforme nos descreveu a coordenadora da Atenção Básica, Francisca Rosa Diana de Oliveira, “Primavera já está devidamente adequada a essa medida, desde 2007 é feito um trabalho para que todos os atendimentos sejam com o Cartão SUS. Todas as unidades de Estratégia de Saúde da Família estão habilitadas para fazer o cartão caso o paciente ainda não tenha. Mas é muito difícil isso acontecer” - disse.

 

São mais de 74 mil cartões SUS registrados em Primavera

Segundo dados da Secretaria de Saúde, são cadastrados 74.842 cartões SUS em Primavera do Leste. Sendo que conforme o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística o município conta oficialmente com 53 mil habitantes.
Na explicação de Giovana, isso se reflete na qualidade dos serviços em saúde prestados em Primavera, que faz com que usuários de municípios da região se cadastrem aqui” - complementou ainda afirmando que isso é um problema positivo, uma vez que mostra a qualidade do atendimento, mas isso se torna um custo alto.
Conforme enfatizou a coordenadora de Controle e Avaliação do SUS, Jânia Rúbia Pimenta, “atualmente são 58.083 cartões definitivos e 23.440 provisórios, segundo dados do DataSUS” - descreveu.
“Essa adequação é em todo o Brasil, mas Primavera pode comemorar pois foi a primeira cidade do Mato Grosso a utilizar o Sistema de Regulamentação - Sisreg. Então estamos tranquilos pois a partir de abril deste ano poderemos continuar realizando o controle de faturamento agora com a utilização dos dados do cartão SUS que até o momento não eram necessários. A portaria já foi adiada muitas vezes, mas nós já estávamos nos readequando há muito tempo, por isso podemos ficar tranquilos” - disse Jânia.

Veja como proceder em caso de não ter o Cartão SUS

Embora Primavera do Leste no que se refere ao cartão possa comemorar que 100% da população esteja cadastrada com o Cartão SUS, Giovana recomenda que todas as unidades de saúde com excessão do PAM - Pronta Atendimento Médico.
Basta levar os documentos como carteira de identidade, ou a certidão de nascimento ou ainda a de casamento e comprovante de residência. Menores de idade precisam apresentar a certidão de nascimento, comprovante de residência e o documento de identidade da mãe.
As Agentes  Comunitárias de Saúde também repassam orientações sobre como fazer o cartão.
“Há casos daqueles que perdem o cartão, ou não estão portando no momento de atendimento, mas é feita uma pesquisa no sistema e o paciente recebe na hora o cartão com o número de cadastro. É importante que a comunidade saiba que a partir de agora não será feito mais nenhum procedimento sem esse documento que deve ser guardado como os demais. Sugerimos que mandem plastificar o cartão, mantenham sempre junto na carteira” - explicou Giovana.
“Nenhum paciente ficará sem atendimento por falta do Cartão SUS, mas é um procedimento que deve ser feito e a população precisa se adaptar a isso. Embora isso já seja feito em Primavera desde 2007. Essa obrigatoriedade já estava sendo trabalhada” - disse Jânia.
“Esse procedimento servirá principalmente para que os municípios mantenham registrados os atendimentos, agora com registro do usuário e do profissional. Agora não deve ser com dados apenas numéricos, será um controle maior por parte do Ministério da Saúde, evitando assim fraudes ao sistema” - explicou Rosa.
Vale salientar que para procedimentos de alta complexidade o documento já era exigido.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Apec Primavera estará na Taça Mato Grosso de Futsal

Competição acontecerá na cidade de Alto Paraguai e vale vaga para a Taça Brasil

Moradora denuncia mau-cheiro de caçamba parada há cinco meses

Ao procurar a Prefeitura, ela foi informada que o Poder Público não podia fazer nada

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.