VELHO PROBLEMA /

Quinta-feira, 12 de Outubro de 2017, 07h:00

A | A | A

Prefeitura não possui pátio para abrigar veículos abandonados

O Diário recebeu mais uma denúncia de um leitor, em relação a uma carreta parada no centro da cidade


Imagem de Capa
Ítalo Berto

Nesta semana O Diário recebeu mais uma denúncia de um leitor, que enviou imagem de uma carreta parada há três meses na Avenida Cuiabá. Outros exemplos como esse é comum na cidade, mas a fiscalização sobre a legislação é impossível já que o município não conta com um local apropriado para a remoção desses veículos.

De acordo com o código de posturas, “Fica expressamente proibido o abandono de veículos, carcaças, chassis, tratores e seus implementos ou quaisquer outras partes dos mesmos, inclusive carrocerias, reboques, semi-reboques e outros bens nas vias e logradouros públicos.

É considerado abandonado um veículo que esteja ocupando o espaço a mais de 30 dias.

O proprietário deve ser notificado para a remoção no prazo de até 15 dias, sob pena de aplicação de multa que pode variar de R$ 174,5 a R$ 1.745.

Na não identificação do proprietário, o bem deve ser marcado por adesivo de fácil visibilidade, mencionando o prazo de até 15 dias para a retirada, sob pena de aplicação de multa e remoção.

A lei ainda diz que o veículo deve ser levado para o pátio da prefeitura, ainda inexistente.

 

Depois de 90 dias sem a procura do dono, poderá ser vendido em hasta pública, dinheiro que ficará para o poder executivo em troca das multas e gastos com a remoção. Se não foi possível vender, é autorizada a destinação que for mais conveniente à prefeitura.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!