VULNERÁVEL /

Quarta-feira, 14 de Junho de 2017, 17h:55

A | A | A

Avô é preso por estuprar netas em Primavera

O suspeito nega o crime e diz que ama as crianças


Imagem de Capa
Pérsio Souza

O idoso E.P.S, 63, teve a prisão preventiva decretada pelo crime de estupro de vulnerável, nesta quarta-feira (14), e foi preso em casa localizada em Primavera do Leste. As duas vítimas são as netas do suspeito de 8 e 16 anos.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Municipal, Raphael Diniz Garcia, a investigação durou 20 dias, mas o idoso já vinha assediando as netas há um tempo. “A menor de oito anos registrou a ocorrência e a partir das investigações, descobrimos que havia mais uma vítima. A adolescente de 16 anos se pronunciou agora, mas o crime foi cometido há alguns anos atrás”, afirma.

É comum que as vítimas não se manifestem por medo ou vergonha. Diniz ressalta que o idoso ameaçava as menores para que permanecerem em silêncio. “Conforme o que foi investigado, ele agia durante a noite. Pelo que foi apurado até o momento, o suspeito molestava as vítimas”, pontua.

A Polícia Civil irá ouvir novas testemunhas e não descarta a possibilidade que novas vítimas apareçam pode. O suspeito será levado para a Cadeia Pública de Primavera do Leste e em até 10 dias, o inquérito deve ser encaminhado ao Fórum.

Em conversa com o suspeito, ele diz que ama as netas e que nunca fez nada com elas. “Por amar minhas netas e brincar, deu nisto aí. Sempre convivi com crianças e nunca tive problema algum com a justiça. Só sei amar elas e não mereço ser acusado disto”, conclui.

 

O idoso disse que as netas moraram com ele durante um tempo, mas que hoje não estão mais em Primavera. Ao delegado, ele afirma não saber porque está preso. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.