INVESTIGAÇÃO /

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2019, 15h:09

A | A | A

MP investiga venda de cargos na Câmara de Primavera

Áudios compartilhados levantam suspeita


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

O jornal O Diário teve acesso a áudios de uma conversa entre o ex-assessor parlamentar de Primavera do Leste Jeferson Lobatto e o presidente da Câmara Municipal de General Carneiro Magnum Vinnicios Rodrigues Alves de Araújo, onde os dois negociam um cargo para a mulher de Magnum em troca de apoio político.

O apoio negociado seria para a candidatura do vereador de Primavera do Leste Milley Alves, ao cargo de deputado estadual nas últimas eleições.

“Você fala assim, Miley, eu sei que o cargo é do Araújo e como ele tá me ajudando, eu vim aqui para agradecer, é para minha esposa tá. Inclusive eu quero declarar apoio”, disse Lobato em parte do áudio que foi compartilhado amplamente em Primavera do Leste.

Durante a conversa, Lobato, chega a dizer que cada vereador tem direito a quatro cargos dentro da Câmara de Primavera.

Em entrevista ao jornal O Diário, Lobato negou que estivesse negociando algum cargo dentro da Casa de Leis. “Eu não tinha poder de negociar nada. Apenas foi uma conversa política, para pedir apoio a uma candidatura que estava em eminência. Tanto que a mulher foi contratada mais por indicação de um grupo diferente do nosso, o PP”, ressaltou.

Segundo informações, o presidente da Câmara de General Carneiro, foi quem fez a denúncia ao Ministério Público – MP, e que parte da conversa que foi gravada por ele e entregue ao MP, vazou após o celular dele ser furtado.

Nossa equipe de reportagem tentou inúmeras vezes contato com Magnum, porém, as ligações foram atendidas pela avó do parlamentar, que sempre dizia que ele não estava.

A mulher de Magnum, foi realmente contratada e exercia a função de secretária. Ela foi exonerada no final de 2018.

 

SEGREDO DE JUSTIÇA

Por meio de nota encaminhada via Assessoria de Imprensa, o Ministério Público declarou que existe em tramitação um inquérito, porém, informações não podem ser repassadas à imprensa, pois as investigações correm em sigilo.

 

PEDIDO DE DEMISSÃO

Jeferson Lobato protocolou na manhã de sexta-feira (08), o pedido de exoneração do cargo de assessor parlamentar, ele era contratado para realizar atendimentos no gabinete de Miley Alves.

Lobato disse que pediu demissão para resguardar a imagem do Partido Verde – PV do qual faz parte, do Miley e também da Câmara. “Estão tentando atacar a todos de todas as formas, até quem não tem envolvimento com isso”.

 

VEREADOR DIZ QUE ESTÁ SENDO PERSEGUIDO

Em entrevista concedida ao Jornal O Diário na manhã de sexta-feira (08), Miley Alves – PV, disse que não sabia das negociações de Lobato e que o fato do áudio estar sendo propagado não passa de perseguição política.  “Eu não época não soube, e inclusive essa pessoa não me apoiou, e além disso a esposa dele trabalhou aqui, mas era indicação do PP, não tenho contato com essa pessoa. Tanto é que não tem nada meu nisso. Eu estou sendo perseguido, se você puxar quem está propagando o áudio e protocolando denúncias no MP, são suplentes de vereadores do meu próprio partido, qual é a intenção de uma pessoa que é suplente do meu partido entrar com uma acusação contra mim? Para tentar denegrir minha imagem? Para tentar ficar com a vaga! São pessoas que já foram candidatos, que já trabalharam na casa, é uma teia de pessoas envolvidas para denegrir a imagem da Câmara”, ressaltou Miley.

 

SISTEMA DE CONTRATAÇÃO

A Lei Municipal 1050/08, permite que o recrutamento de funcionários para a Câmara municipal será feita através de concurso público, para os cargos de natureza efetiva e por nomeação os de natureza comissionados e função de confiança. De acordo com o portal da transparência hoje a Câmara tem 21 funcionários efetivos e 33 que ocupam os chamados cargos de confiança.  Os salários para os cargos comissionados variam de R$ 8.149.06 à 2.136,16.

 

CÂMARA DIZ QUE INVESTIGARÁ FATO

Diante das informações, a equipe de reportagem do Jornal O Diário entrou em contato com a Câmara Municipal, para saber se a casa de leis tinha conhecimento das negociações e se pretendia montar uma comissão para investigar o caso.

Por meio de nota encaminhada via Assessoria de Imprensa, a diretoria da câmara, bem como o Jurídico disseram não tem conhecimento sobre a venda de cargos, porém, confirmou que a denúncia está sendo investigada pelo MP.

Em relação a alegação de que cada vereador teria direito a quatro cargos dentro da Câmara, a assessoria respondeu que: “ Em relação ao questionamento das escolhas dos servidores comissionados, sua definição é prerrogativa da gestão das instituições e, a Câmara de Primavera, além disso, segue critérios técnicos contidos na Lei Municipal Nº1.050/2008”. Ainda conforme a nota cada vereador tem apenas um assessor parlamentar.

Ainda conforme a assessoria de imprensa, a Câmara acatará todas as medidas necessárias e exercerá o dever institucional de investigar os fatos.

 

NOTA DA CÂMARA NA ÍNTEGRA

A Câmara Municipal de Primavera do Leste atendendo à solicitação do Jornal O Diário informa que nem a diretoria nem o jurídico tem conhecimento sobre vendas de cargos dentro do Poder Legislativo. O que se sabe e, é domínio público, é que existe uma denúncia sendo investigada pelo Ministério Público.  Em relação ao questionamento das escolhas dos servidores comissionados, sua definição é prerrogativa da gestão das instituições e, a Câmara de Primavera, além disso, segue critérios técnicos contidos na Lei Municipal Nº1.050/2008.

Informamos ainda que, cada vereador tem apenas um assessor parlamentar e, essa Casa de Leis acatará as medidas necessárias e não se furtará do seu dever institucional de investigar quaisquer fatos.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Entidades orientam empresários a pagarem Tacin

Rede de Proteção às mulheres pode ser criada em Primavera do Leste

Políticas públicas de enfrentamento a violência e direitos serão debatidas em audiência pública

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.