EDITORIAL /

Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017, 17h:42

A | A | A

Vereador deve servir o povo, não pagar suas contas

Ter votado em um dos 15 vereadores não dá o direito de exigir dele favores. Ora isso também é corrupção. Não é vender o voto, mas usar como barganha para benefício próprio.


Imagem de Capa

Você sabe para que serve um vereador? Qual a sua função junto a sociedade? Parece uma resposta fácil que muitos de nós achou a pergunta até infantil. Mas se analisarmos o que foi exposto na tribuna durante a sessão do Legislativo de Primavera do Leste muitos repensaremos nossas atitudes.

Que o vereador deve estar a serviço da comunidade. Ouvir reivindicações. Propor melhorias. Investigar atos do Executivo e acompanhar o que se passa no poder público. Isso todo mundo sabe. Nem todos fazem. Alguns só quando são oposição. Outros gostam do status e das viagens. Mas enfim, neste momento, vamos no deter também na postura do povo, que às vezes confunde.

O fato é o seguinte, na última segunda-feira, dois vereadores usaram a palavra para desabafar. Contando que a população vai até o gabinete do edil para pedir que eles paguem contas de água, luz, gás e até vale churrasco. Segundo a justificativa dos vereadores eles devem ser cobrados em ações que beneficiem a comunidade, não para solucionar problemas pessoais.

Ter votado em um dos 15 vereadores não dá o direito de exigir dele favores. Ora isso também é corrupção. Não é vender o voto, mas usar como barganha para benefício próprio.

Os vereadores não devem sentir-se constrangidos em dizer não. Afinal, quando um deles não faz bom uso do dinheiro público reclamamos. Não pode a pessoa acreditar que esta é a função dele. O vereador recebe o seu pagamento pelo trabalho que desempenha. E achamos muito. Mas daí a acreditar que a função dele é resolver questões nesse sentido é demais.

Pensando assim todos os primaverenses teriam direito que o vereador pagasse suas contas. O que serve para um deveria ser usado também pelos outros.

Isso é tentar levar vantagem. Está certo que não é fácil pagar as contas do mês, que ninguém está livre de ter dificuldades financeiras. Mas este não é o caminho.

Mas isso apenas acabará quando o Legislativo dar um basta nesses pedidos e investir em estar mais no meio da população. Mostrar o que na prática é a função deles. A Câmara deve ser um ambiente de debates, mas as sessões também devem acontecer no meio do povo.

Algumas Câmaras pelo país desenvolvem projetos como o Vereador por um dia, Vereador Mirim (voltado para jovens com eleições nas escolas e sessões com decisões semelhantes a dos adultos, onde cada vereador apadrinha uma criança e acompanha o trabalho dela), o Vereador nos Bairros (sessões itinerantes com pauta em assuntos da comunidade que sedia o encontro).

Quem sabe um projeto assim não ajude. Poderiam os vereadores que denunciaram a prática propor aos demais uma ação de tirar o vereador do gabinete e colocá-lo no meio da comunidade, onde é o lugar dele. Alguém se habilita?

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!