REFLEXÃO /

Sexta-feira, 24 de Maio de 2019, 07h:00

A | A | A

Transforme sua dor em vitória

É comum as pessoas esconderem suas emoções como estratégia principal de defesa


Imagem de Capa
Luciene Afonso

Os momentos de dor e consternação que marcaram sua história não é nem de longe o que te define. Mesmo com raízes profundas é possível extrair do trauma emocional a força suficiente para viver feliz, além das probabilidades.

É comum as pessoas esconderem suas emoções como estratégia principal de defesa diante de momentos ou emoções difíceis de lidar, camuflando como se fosse feio ou vergonhoso ter cicatrizes.

Por mais que tentemos deixá-las escondidas, usando máscaras para o que de fato importa, fingir que tudo vai bem não estando, é uma atitude que impede a libertação porque é na dor que está a cura, assim como é do veneno que se obtém o antídoto. Se não for entendido dessa forma, o processo e a atitude será continuar fingindo que tudo vai bem durante a vida inteira, que a ferida não existe e que pode conviver em paz com ela, e assim não será possível reverter o cenário e viver a vitória e a plenitude.

Existe no caminho uma parada muito importante, que pode reescrever todo o contexto de dor, o perdão, ele é a única possibilidade que nos leva de fato a experimentar na totalidade uma vida repleta do amor genuíno que está escondido dentro de cada um de nós.

Esconder-se por detrás das frustrações como vítima ou envergonhar-se das dores não faz com que elas deixem de existir, não mesmo!

Se o seu desejo for resignificar tudo o que te fez mal, a ponto de relembrar dos fatos sem dor, é preciso perdoar, a partir daí sua história passa a ser exemplo de superação e cura.

Não se perturbe com questionamentos do tipo: Por que isso aconteceu comigo? ou Será que eu conseguirei me levantar depois dessa queda? Questione: O que eu posso aprender com essa situação?

E não estou afirmando aqui que não se pode viver/sentir a dor, é fundamental sim vivê-la na sua profundidade, mas depois deste período que é a etapa mais difícil, entender o real motivo de tanto sofrimento, porque tem um motivo e nada acontece por acaso em nossas vidas, criar o seu plano de ação que te fará submergir na sua essência.

O momento de entendimento, o ponto chave e que trará clareza dos fatos, é quando cada um se volta para sua verdade, o amor-próprio

compreendendo e aceitando-se da maneira que é, falando sobre o que tem te aprisionado, para que consiga deixar de lado o ciclo de sofrimento e comece a experimentar o alívio e o apoio para de todos ao seu redor para caminhar os próximos passos.

Portanto o que você precisa de fato é estar alinhado com a sua verdade, sendo sincero, não negociando seus valores para caber em qualquer situação que seja. Sabemos que a ideia de reconstruir seus relacionamentos deve começar por si mesmo e só depois alcançar os demais ciclos.

A força está aí dentro de você, bem guardadinha na ferida que você insiste em manter viva, experimente liberar o perdão e receba a verdadeira felicidade, VOCÊ PODE!

 

Luciene Afonso

Master Coach - Febracis

Jornalista

Palestrante

Analista de Perfil Comportamental

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Vida: fonte de inspirações

A inspiração levou o homem às grandes conquistas, e possibilitaram grandes façanhas nas diferentes áreas do conhecimento

Aprenda a dirigir a sua mente!

“A vida de um homem é o que seus pensamentos constroem” - Marco Aurélio

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.