Sábado, 02 de Dezembro de 2017, 15h:57

A | A | A

Sexo Frágil!

Na maioria das vezes o sexo a se pensar seria o sexo feminino, mas será mesmo que elas são o “sexo frágil”?


Imagem de Capa
Jean Carlos - Ciências da Natureza (IFMT)

Esta é uma indagação que quando questionada, na maioria das vezes o sexo a se pensar seria o sexo feminino, mas será mesmo que elas são o “sexo frágil”? Não é isso que diz Erasmo Carlos na música “Mulher”. O musico ressalta que, “...dizem que a mulher é o sexo frágil, mas que mentira absurda, eu que faço parte da rotina de uma delas, sei que a força está com elas...”. Certamente temos esse pré-conceito baseado na visão de mundo que temos quando vemos o sexo masculino como dominante e o sexo feminino com fragilidade, talvez isso por serem vistas como delicadas e por expressarem com facilidades os sentimentos.

Mas sabemos que elas não são tão frágeis assim, provavelmente você já ouviu o seguinte ditado popular que diz: “Por trás de um grande homem, sempre existe uma grande mulher...”, isso retrata que todo o sucesso desse grande homem, teve uma influência significativa da grande mulher que o acompanha, ou também já ouviram alguma mulher dizendo: “nossa que homem mole, uma gripe já o derruba, imagina se ele fosse sentir dor para ter um filho?”. Só isso já quebraria o paradigma que taxa a mulher como sendo o sexo frágil.

No relacionamento conjugal passamos por algumas situações até então engraçadas, mas às vezes embaraçosa para a mente masculina, para o homem, o “não” sempre será não, e o “sim” sempre será sim, ou seja mulheres, quando perguntares alguma coisa para o homem, pode ter certeza que a resposta que ouvires não terá duplo sentido, ou sim ou não. Vocês não precisarão ter que interpretar o contexto primeiro para compreender a resposta, mas isso é diferente no universo feminino, quando nós homens perguntamos algo para as mulheres, temos a árdua missão de entender primeiro todo o contexto para depois compreender a resposta, ou seja, o “sim” nem sempre significa afirmação, o sim pode simplesmente ser o “não”, mas o “não” pode ser uma afirmação, sendo assim um “sim”, mas a coisa complica mais ainda quando recebemos a seguinte resposta, “você é quem sabe”, a partir do momento que recebemos essa resposta, entendemos que

somos o detentor da situação e que qualquer decisão tomada será apoiada por ela, só que não, (risos), se a decisão for diferente á que ela gostaria que fosse, pode ter certeza que as coisas não ficarão muito boas.

Tem uma frase de Rodrigo Masi que diz “...O homem esconde suas fragilidades com músculos. As mulheres escondem suas forças com lágrimas...”, na realidade definir o sexo frágil não é uma tarefa muito fácil pois ambos os sexos têm suas fragilidades e suas forças, acaba que sendo um completando o outro, seria como uma troca de ajuda, você me ajuda com sua força na minha fragilidade que eu te ajudo com minha força na sua fragilidade. O que vale mesmo não é distinguir quem é o sexo frágil, mas sim compreender e respeitar os limites, os conceitos, as diferenças de cada um.   

 

 

 

2 Comentário(s)
Uauuu essa foi forte pobres mulheres indefesas Geralmente elas k são obrigadas a aceitar todas as imperfeições do conjugue.. Mas tbm tem as k aceitam isso com traquilidade
enviado por: Olga Iolanda Lerner em 02/12/2017 às 19:29:06
1
 
0
responder
“Frágeis, somos nós, homens, que mesmo vestindo uma carapaça muito grande de orgulho e de machismo, precisamos delas conosco em todos os lugares e em todos os momentos de nossas vidas.”
enviado por: Ailton Alves em 03/12/2017 às 06:47:40
1
 
0
responder
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!