Domingo, 15 de Maio de 2016, 19h01
BLOG DA ELAINE SAMPAIO
A musculação na 3ª idade é benéfica à saúde
Agora, quero ver todo mundo malhando, sem colocar a culpa na idade hein!

Elaine Sampaio

Outro dia, conversando com um amigo, campeão de fisiculturismo, comentou que as pessoas idosas podem fazer musculação, pois é uma atividade que traz muitos benefícios a essas pessoas. Fiquei pensando....será? Como pode uma pessoa acima dos 60 anos começar a fazer musculação? Ela vai se machucar com os movimentos.

Fui buscar explicação para a conversa desse meu amigo, e não é que realmente a musculação traz benefícios as pessoas da terceira idade! E quem explica isso é o  Maycon Leandro Moesch, bacharel em educação física há oito anos, proprietário da Academia Boston Fitnes.

“A musculação na terceira idade, melhora a força e a flexibilidade: isto é importante para manter o idoso seguro em suas atividades diárias, tornando-o menos vulnerável a quedas, uma das maiores preocupações das pessoas na terceira idade e que, muitas vezes, levam o idoso a não sair de casa, resultando em seu isolamento.Aumenta a densidade óssea: a musculação na terceira idade pode ajudar a proteger o corpo contra a osteoporose, uma doença na qual os ossos se tornam frágeis e mais suscetíveis às fraturas.Reduz a gordura corporal: além de uma dieta saudável, a musculação na terceira idade é importante para a manutenção do peso. Este tipo de exercício, diferente de modalidades aeróbicas, é de baixo impacto, e isso reduz as chances das lesões e das fraturas. Diminuidor articular: pesquisas demonstram que a musculação na terceira idade pode contribuir para a redução de dores das articulações, como coluna, ombros e joelhos.Melhora a postura corporal: ao treinar a musculação na terceira idade, pode-se perceber uma melhora na postura, já que com o avanço da idade, o sistema muscular esquelético vai perdendo a sua tonicidade.Reduz os sintomas de doenças crônicas: a musculação na terceira idade pode ajudar a reduzir os sintomas de depressão, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e distúrbios do sono. Isso porque aumenta os níveis de serotonina do corpo e melhora a frequência cardíaca e a pressão arterial e melhora a autoestima: melhorar a sua força e seu físico podem contribuir para que o idoso tenha mais confiança no seu dia a dia, o que influencia em uma melhor qualidade de vida e em uma melhora em sua autoestima.

Quanto aos cuidados que as pessoas idosas devem tomar ao iniciar a musculação, ele alerta que começar musculação é uma tarefa para poucos, afinal de contas, entrar em uma academia requer compromisso, dedicação e esforço. “Se você faz parte dos iniciantes, siga algumas dicas para conseguir manter a empreitada com sucesso.Os especialistas indicam aos iniciantes da musculação que comecem os exercícios com treinos leves e fáceis, para não prejudicar um futuro rendimento, nem o próprio corpo. O importante é focar primeiro na execução dos exercícios e não no resultado final na academia. Por isso, se o objetivo dos treinos é aumentar os músculos (hipertrofia muscular), vá aumentando gradativamente a intensidade dos exercícios e os pesos nos aparelhos.No começo da academia, procure pela ajuda de um professor que esteja sempre à sua disposição. Além de tirar dúvidas, um acompanhamento profissional durante a musculação ajuda a chegar melhor nos resultados, executar melhor os exercícios, evitar movimentos errados que possam ocasionar lesões e, também, a ver os próprios limites do corpo”.

Procurar a academia parece ser um dos pontos menos importantes para os iniciantes da musculação, mas só parece. Buscar por um local que tenha os equipamentos necessários para o seu objetivo e que tenha uma proximidade com o local de trabalho, ou residência também faz a diferença. Separar um horário da rotina para dedicá-lo à malhação também influencia no desempenho nos treinos.

Maycon lembra que a academia e a preguiça não combinam. Por isso, se for para entrar de cabeça na musculação, reserve um tempo no seu dia exclusivo para os exercícios e o torne parte da sua rotina. “Entrar na academia só para criar coragem, não trará efeitos, muito menos fazer uma horinha por semana. Se quiser ver resultados, terá que pegar pesado nos aparelhos. Essa dúvida permeia não só a cabeça de iniciantes, mas também de muitos outros praticantes de longa data. O aquecimento é um momento que é desconsiderado em treinos. Há quem faça aquecimentos com exercícios cardiorrespiratórios, e há também aqueles que aquecem com os próprios aparelhos de musculação, não contabilizando os movimentos com suas séries”, diz o professor.

Quanto a idade para fazer exercício de musculação, ele lembra não há idade máxima para não se praticar musculação desde que sempre bem orientadas buscando o objetivo do aluno sejam elas para, busca de força, resistência, hipertrofia, equilíbrio, fortalecimento, melhora da capacidade aeróbica e outros.

Então está aí minha dica de saúde para as pessoas da terceira idade, pratique musculação e tenha melhor qualidade de vida!

Agora, quero ver todo mundo malhando, sem colocar a culpa na idade hein!

 

 

 


Fonte: Clique F5
Visite o website: http://cliquef5.com.br