Saúde /

Quinta-feira, 06 de Dezembro de 2018, 10h:02

A | A | A

Menina com sangue raro enfrenta câncer e busca por doador gera comoção mundial

Divulgação/ OneBlood Campanha procura tipo de sangue raro para salvar menina de 2 anos com câncer A necessidade de encontrar doadores suficientes...


Imagem de Capa
Campanha procura tipo de sangue raro para salvar menina de 2 anos com câncer
Divulgação/ OneBlood
Campanha procura tipo de sangue raro para salvar menina de 2 anos com câncer

A necessidade de encontrar doadores suficientes que possam salvar uma menina de dois anos de idade está gerando comoção no mundo todo. Zainab Mughal mora na Flórida, nos Estados Unidos, e foi diagnosticada com neuroblastoma há dois meses, um tipo de câncer que geralmente atinge crianças.  

Leia também: Infectologista explica as formas de transmissão do HIV e como preveni-las

Porém, o principal problema que Zainab enfrenta é o de encontrar doadores que sejam compatíveis com o seu tipo sanguíneo, um dos mais raros do mundo. O banco de sangue OneBlood é quem conduz uma campanha internacional a fim de encontrar ao menos dez doadores, tornando possível que a garota passe pelas transfusões necessárias para o seu tratamento.

De acordo com Frieda Bright, gerente de laboratório da empresa, um antígeno comum chamado Inb, ou “B indiano”, é ausente no sangue de Zainab, o que restringe a busca para doadores que também não tenham esse antígeno, para que o corpo não rejeite a transfusão . Em seus 20 anos de profissão, a pesquisadora diz nunca ter visto um caso como este.

Leia também: Menina de oito anos que teve queimaduras após avião atingir sua casa recebe alta

Entre as mais de 1 mil amostras recebidas e testadas, apenas três são compatíveis – sendo que duas são dos Estados Unidos e uma foi enviada de Londres, na Inglaterra.

Os organizadores da campanha pedem que os doadores, além de terem o sangue do tipo A ou O, tenham ascendência, exclusivamente, paquistanesa, indiana ou iraniana, já que a chance de que esse tipo sanguíneo seja encontrado entre essas populações é de 4%, pouco maior do que no resto do mundo, de acordo com estatísticas.

Leia também: Novo tratamento do câncer por congelamento evita que a célula se espalhe

A garota está sendo tratada no Memorial Regional Hospital em Hollywood.  Familiares e amigos da menina já doaram, mas mesmo entre a família, não houve compatibilidade. De acordo com os médicos, a quimioterapia está obtendo sucesso, mas Zainab ainda precisa de dois transplantes de medula óssea e de várias transfusões sanguíneas a longo prazo, para que a menina aguente passar por todo o tratamento.

Juntamente com o OneBlood, outros bancos de sangue estão em busca de doadores, como o American Rare Donor Program (ARDP), em tradução para o português, Programa Americano de Doadores Raros, que liga doadores de diversos países a bancos de sangue .

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.