Internacional /

Terça-feira, 15 de Maio de 2018, 14h:50

A | A | A

Jato d'água registrado na lua de Júpiter evidencia vida alienígena, afirma Nasa

Reprodução/Nasa Nasa afirma que jato de água que se desprendeu da superfície de Europa, lua de Júpiter, evidencia possível vida alienígena...


Imagem de Capa
Nasa afirma que jato de água que se desprendeu da superfície de Europa, lua de Júpiter, evidencia possível vida alienígena
Reprodução/Nasa
Nasa afirma que jato de água que se desprendeu da superfície de Europa, lua de Júpiter, evidencia possível vida alienígena

Uma sonda da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) que explora a lua de Júpiter voou através de uma nuvem gigante de vapor d'água vindo da superfície de Europa, um dos principais satélites naturais de Júpiter. Ainda segundo a agência, o jato alcançou 160 quilômetros de altura, de acordo com nova análise dos dados da espaçonave.  As informações são do The Guardian

Leia também: Marsupiais australianos que morrem de tanto fazer sexo correm risco de extinção

A descoberta divulgada pela Nasa nessa segunda-feira (14) renovou as expectativas de alguns cientistas que acreditam que a lua de Júpiter esconde um vasto rio e que seja o local mais apropriado para a realização de buscas por vida alienígena.

A fim de descobrir mais informações sobre essa possibilidade, a Agência Espacial Europeia (Esa) também está planejando estudar a superfície de Europa e seu rio, que, segundo relatórios divulgados na Revista Nature Astronomy , é maior que todos os oceanos do planeta Terra.  

Espaçonave Galileo da Nasa e descobertas recentes

A espaçonave Galileo da Nasa passou oito anos em órbita ao redor de Júpiter e fez sua passagem mais próxima sobre Europa, uma lua do tamanho da nossa, em 16 de dezembro de 1997. Quando a sonda caiu, seus sensores se contraíram com sinais inesperados, que os pesquisadores não conseguiram explicar no período.

Vinte anos depois, em um novo estudo, o grupo de estudiosos liderado pelo cientista planetário Xianzhe Jia, da Universidade de Michigan, descreve como voltou aos dados da Galileo depois que imagens do telescópio espacial Hubble, em 2016, revelaram o que pareciam ser 'plumas de jateamento' na superfície de Europa. 

Leia também: Cientistas desenvolvem "minicérebros" com DNA de neandertais em estudo inédito

Por meio de simulações feitas em computador, Jia evidenciou fenômenos naturais capazes de gerar oscilações semelhantes às detectadas pelos instrumentos da sonda, identificando, assim, uma erupção de vapor e água quente.

Além disso, instrumentos a bordo da sonda detectaram uma breve, porém dramática, reviravolta no campo magnético, e um súbito aumento na densidade do plasma ou gás ionizado, pelo qual a espaçonave sobrevoava.

Quando plumas de água saem de Europa, as moléculas são imediatamente atacadas por partículas energéticas, um processo que as reduz em íons carregados que produzem oscilações na direção do campo magnético e aumentam a densidade do plasma acima do gêiser.

"Há uma boa chance de que essas espaçonaves possam obter medições diretas de plumas, ejetando material do oceano da superfície para o espaço. Essas observações fornecerão dados cruciais para avaliarmos o potencial de vida alienígena em Europa”, explicou Jia.

Leia também: Universo se expande 9% mais rápido e cientistas não sabem explicar o motivo

Segundo o relatório publicado pela Nasa , é importante lembrar que a  lua jupiteriana não é um paraíso como muitos pensam. A temperatura da superfície nunca se eleva acima de -160°C e o calor existente provém do amassamento das marés impulsionado pelas forças gravitacionais da órbita de Júpiter, "aprisionando"  Europa em uma eterna noite congelante. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.