economia /

Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018, 20h:00

A | A | A

Projeção para inflação permanece em 3,95% e continua abaixo da meta, aponta BC

Recuperação econômica? Mercado financeiro projeta Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 em 2,80%, valor 0,10 p.p maior do que o esperado para 2018


Imagem de Capa

Brasil Econômico

De acordo com a publicação feita pelo BC, o PIB de 2019 deve ser de 2,80%,  resultado 0,10 p.p superior ao de 2018
shutterstock
De acordo com a publicação feita pelo BC, o PIB de 2019 deve ser de 2,80%, resultado 0,10 p.p superior ao de 2018

O boletim Focus publicado nesta semana foi marcado pela estabilidade. Na divulgação desta segunda-feira (15), o mercado financeiro manteve a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2018 e 2019 em 3,95% e 4,25%, respectivamente, os mesmos resultados divulgados anteriormente pelo Banco Central (BC).

Leia também: Entenda por que a queda da inflação não é sentida no bolso dos brasileiros

Em relação a 2017, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou o resultado oficial do IPCA em 2,95%, valor 0,5 ponto percentual (p.p) abaixo do piso da meta de 3%. Vale destacar que a meta central de inflação é 4,5%, e tem como limite superior a marca de 6%. Como o BC descumpriu a meta, o presidente da instituição, Ilan Goldfajn, elaborou uma carta aberta ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a fim de explicar o descumprimento da meta.

Leia também: Quer sair do emprego mas não quer pedir demissão? Veja como funciona o acordo

PIB e Selic

A estimativa do Produto Interno Bruto ( PIB ) para 2018, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País, registou uma tímida alta de 0,1 p.p. Se na semana passada a projeção do mercado financeiro para o PIB de 2018 era de 2,69%, na última divulgação do BC a estimativa subiu para 2,70%. O PIB de 2019 deve ser um pouco maior do que o deste ano, uma vez que o mercado estima um resultado positivo de 2,80%, mesmo crescimento estimado pela última divulgação.

A expectativa da taxa básica de juros, a  Selic , para o fim de 2018, é de 6,75%. E, caso as expectativas sejam confirmadas, esse será o menor nível já registrado pelo BC. Atualmente, o indicador está em 7%, devido à reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que ocorreu no dia 6 de dezembro. No encontro, o Comitê reduziu a taxa em 0,5 p.p, quando a Selic estava em 7,5% ao ano. Em relação a 2019, o mercado financeiro reduziu a expectativa da taxa, já que a previsão passou de 8,13% para 8%.

Leia também: Novas regras para Uber, Cabify e 99 entram em vigor na quarta-feira em São Paulo

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!