Agricultura /

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 09h:58

A | A | A

Comitê Gestor do Selo faz a primeira reunião de trabalho

Em Brasília, na primeira reunião de instalação do Comitê Gestor do Selo Agro+ Integridade, o ministro interino Eumar Novacki abriu os trabalhos...


Imagem de Capa

Em Brasília, na primeira reunião de instalação do Comitê Gestor do Selo Agro+ Integridade, o ministro interino Eumar Novacki abriu os trabalhos e disse que “este é um dos legados mais significativos da atual gestão do Ministério da Agricultura”.

A empresa do agronegócio premiada com o selo terá o direito de uso da marca Agro+ Integridade, por um ano, em seus produtos, sites comerciais, propagandas e publicações.

“O mundo clama por ética, por integridade”, disse ainda o ministro interino. “A empresa premiada com este selo contará com um diferencial importante para seus produtos e serviços. Estou certo que no futuro o Agro+ Integridade será um requisito.”

A documentação e todos os comprovantes para habilitação à premiação estão sendo coletados e conferidos pela secretaria executiva do Agro+ Integridade, instalada no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e formada pelos servidores da Assessoria de Controle Interno do Ministério.

O Comitê Gestor do Selo Agro+ Integridade foi constituído com a atribuição específica de homologar a relação nominal de premiação das empresas.

Integram o Comitê Gestor, Cláudio Torquato, Fábio Farnese e Ariane Seba (MAPA); Jacqueline Cardoso (Embrapa); Marina Ferro (Instituto Ethos); Aline Rocha Marinho (Controladoria Geral da União – CGU); Amanda Cerqueira da Rocha (Alliance For Integrity); João Bezerra Camelo (Febraban); Décio Coutinho (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária – CNA); Eduardo Farias (B3 – Brasil Bolsa Balcão); e Edmundo Coelho Barbosa (Confederação Nacional da Indústria – CNI).

Mais informações à Imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
Imprensa@agricultura.gov.br

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.