Diárias de Mercado /

Sexta-feira, 13 de Abril de 2018, 07h:57

A | A | A

CITROS/CEPEA: Oferta elevada pressiona cotação de precoces e pera temporã

Cepea, 13/04/2018 – Segundo pesquisas do Cepea, os preços das laranjas precoces e pera temporã caíram de 9 a 12 de abril,...


Imagem de Capa

Cepea, 13/04/2018 – Segundo pesquisas do Cepea, os preços das laranjas precoces e pera temporã caíram de 9 a 12 de abril, devido à maior disponibilidade dessas variedades. Com o ritmo de processamento industrial reduzido, a venda das laranjas precoces tem ocorrido exclusivamente para o mercado in natura. Dentre as principais variedades precoces comercializadas em São Paulo, a hamlin se desvalorizou em 1% na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), fechando a R$ 21,99/cx de 40,8 kg, na árvore, em média. Já no caso da pera, a média do período é de R$ 32,06/caixa de 40,8 kg, na árvore, leve recuo de 0,8% em relação à semana anterior. Em relação à lima ácida tahiti, o mercado esteve mais calmo nos últimos dias. Porém, por causa da alta das cotações nas duas semanas anteriores, produtores consultados pelo Cepea seguem controlando o ritmo de colheita, com objetivo de manter as cotações firmes. Nesse cenário, a fruta registra média de R$ 18,57/cx de 27 kg, colhida, elevação de 6,1% em relação à anterior. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!