SOCIAL /

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 14h:48

A | A | A

Parte da renda do jogo entre Brasil e Costa Rica é repassada à ASAS

Instituição que administra o Hospital Municipal recebeu R$ 41,2 mil. Repasse foi feito na manhã de hoje


Imagem de Capa
Valmir Faria/ASCOM

O prefeito Fábio Schroeter e o secretário de Esportes e Lazer de Campo Verde, Marcelo Vieira de Moraes (Coité), entregaram hoje (7) pela manhã, em cerimônia realizada no Ginásio de Esportes Joubert Isaias Romancini, um cheque de R$ 41.297,61 à presidente da Associação Solidaria Amigos da Solidariedade, a advogada Maria Frazão Zunta.

 

O valor é equivalente à 35% da renda do jogo entre Brasil e Costa Rica, realizado no último dia 17 de novembro em Campo Verde - que foi de R$ 115 mil - e será utilizado na melhoria das instalações do Hospital Municipal Coração de Jesus, administrado pela ASAS. O restante da renda ficou para a Confederação Brasileira de Futsal

 

O prefeito Fábio Schroeter destacou a importância do repasse, por ser a Saúde Pública um dos setores onde é cada vez mais necessário o aporte financeiro. “Tenho certeza que (o dinheiro) vai ser muito bem empregado e que também será prestado conta para a sociedade. É um valor muito interessante, que vai ter muito bom proveito no nosso Hospital Municipal”, disse.

 

Para Maria Frazão, o repasse dos recursos representa a confiança do Poder Público Municipal com a instituição que ela preside. “Eu vejo uma credibilidade. A ASAS vem trabalhando de forma muito séria, com responsabilidade. São pessoas voluntárias que estão se dedicando a uma causa social”, disse ela.

 

O dinheiro recebido, de acordo com a presidente da ASAS, será aplicado na troca do piso do centro cirúrgico e do pronto-atendimento. Maria Frazão destacou que a parceria com a Prefeitura tem sido muito boa e tem dado certo graças ao diálogo entre as partes e a transparência com que os trabalhos são conduzidos e os recursos administrados.

 

O prefeito Fábio Schroeter agradeceu o apoio de Câmara de Vereadores, que aprovou o projeto autorizando o Município a custear as despesas com o jogo entre Brasil e Costa Rica. “Tenho certeza que a sociedade campo-verdense soube reconhecer esse evento. Prova disso é o público que nós tivemos. Eu nunca tinha visto tanta gente no nosso ginásio”, frisou.

 

Para o secretário Marcelo Vieira de Moraes (Coité), a realização do jogo em Campo Verde foi um momento ímpar e de muita emoção, tendo sido realizado dentro do que foi planejado. Para ele, o legado deixado pelo evento, além dos valores repassados à ASAS, foi a sensação do dever cumprido e a certeza de que outros mais poderão ser realizados no município. 

 

“Campo Verde ganhou, e muito com isso, porque a visibilidade foi nacional. Nós campo-verdenses estamos de parabéns por termos tido condições de ter mostrado para o Brasil que a gente é grande”, destacou. O custo com a realização da partida, de acordo com o secretário, foi de R$ 86 mil, incluindo a taxa da confederação, no valor de R$ 60.000,00.

 

Para o vereador Silvio Eventos, o jogo foi uma ação positiva para Campo Verde. “E a Câmara foi parceira do Executivo nessa ação”, disse ele. “Uma história foi escrita a partir desse jogo do Brasil e Costa Rica”, completou. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV)

 

 

Prefeito destaca trabalho dos servidores da SEMEL na realização do jogo entre Brasil e Costa Rica 

 

 

O prefeito Fábio Schroeter destacou na manhã desta quinta-feira (7), o empenho dos servidores da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Campo Verde na realização do jogo entre as seleções do Brasil e da Costa Rica, no último dia 17 de novembro.

Durante a cerimônia de entrega de um cheque simbólico no valor de R$ 41,2 mil à Associação Social Amigos da Solidariedade, Fábio frisou que o jogo entre as duas seleções não foi realizado por acaso. “Aconteceu por conta de um trabalho que está sendo feito no esporte, por conta dos nossos professores que fazem mais do que o seu próprio dever”, ressaltou.

 

De acordo com o prefeito, os servidores da SMEL se entregam as suas funções sem pensar em vaidade ou reconhecimento. “São pessoas que têm um ego pequeninho e que estão se sentindo parte desse grande trabalho. Aí a dedicação é muito maior. Então eu parabenizo a todos vocês. Vocês são os responsáveis por esse jogo ter acontecido aqui”, destacou o prefeito Fábio. (Valmir Faria – Supervisor de Comunicação/ASCOMCV) 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
17.07.2018 - 09h19
17.07.2018 - 08h40
17.07.2018 - 08h37
17.07.2018 - 08h34
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.