CUIDADO /

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018, 13h:51

A | A | A

Número de picadas de cobras ainda é muito elevado em Campo Verde

Mais de 20 acidentes com cobras foram registrados somente neste primeiro semestre.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

 

No ano passado Campo Verde foi o município com o maior número de picadas de cobras registradas no estado de Mato Grosso e esses números parecem se manter firmes em 2018.

 

Segundo os dados da vigilância epidemiológica do município, do inicio do ano até agora cerca de 20 casos de picadas de cobras foram registradas em Campo Verde, o número desse ano já é bem maior do na mesma época do ano passado.

 

A grande maioria dos casos registrados também foram na zona rural da cidade, segundo a vigilância epidemiológica, pelo fato de município contar com muitos assentamentos e comunidades rurais, as pessoas ficam mais expostas às picadas de cobras.

 

A espécie mais comum, responsável por mais de 90% dos casos, são as jararacas. A jararaca é uma das mais conhecidas cobras venenosas do Brasil. A jararaca pode alcançar mais de 1 m de comprimento. Vive em campos, bosques e sobretudo campos cultivados, onde existe grande número de roedores, que constituem sua alimentação.

 

 

As cobras venenosas do Brasil são facilmente identificáveis por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça. As jararacas são animais ovovivíparos. Isso significa que o embrião se desenvolve completamente dentro do ovo, mas esse ovo fica situado no oviduto da fêmea, ou seja, o ovo é “chocado” dentro da fêmea. As jararacas têm por vez de 12 a 18 filhotes.

 

 

Como dito acima, as jararacas encontram nas regiões cultiváveis um ambiente perfeito para perpetuação, então o melhor a ser feito é se prevenir, até porque o número de aparições da cobra até mesmo em zonas urbanas é bem constante em Campo Verde.

 

 

·         Evite acumular lixo ou entulho perto de casa;

 

·         Tape as frestas e buracos das paredes;

 

·         Sacuda sapatos e roupas antes de usá-los;

 

·         Não guarde objetos embaixo da cama;

 

·         Afaste as camas das paredes;

 

·         Manuseie com cuidado telhas e tijolos acumulados;

 

·         Preste atenção ao pegar lenhas ou quando estiver capinando;

 

·         Use botas quando estiver trabalhando, pisando em folhas, capim seco ou úmido;

 

·         Tenha cuidado quando estiver carregando lenha, madeira, tijolo e telhas;

 

·         Preserve as aves: elas são predadoras naturais das cobras.  

 

 

No Brasil, as picadas de jararaca respondem por cerca de 90% do total de acidentes com humanos envolvendo serpentes. O veneno da jararaca não muito letal, mas pode provocar lesões no local da picada, tais como hemorragia e necrose que podem levar, em casos mais graves, a amputações dos membros.

 

 

O melhor a ser feito em caso de acidente com cobras é encaminhar a vítima imediatamente para unidade médica mais próxima, em Campo Verde, como já dissemos em outras matérias, não existe a disponibilidade do soro antiofídico. As pessoas que foram picadas tem que ser encaminhadas para Rondonópolis ou Cuiabá para receber o soro, que segundo a Secretária Estadual de Saúde não vem sendo distribuído em grande quantidade.  

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Administração Municipal entrega veículos a secretarias de Obras e de Saúde

O prefeito Fábio Schroeter lembrou que fazer gestão pública é sempre um desafio muito grande e que é preciso equipar as secretarias.

Atletas de Campo Verde do Handebol Masculino vão participar da etapa nacional dos jogos escolares

Governo do estado voltou atrás na decisão e pediu auxilio a FAB para atletas comparecerem à competição.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.