POLÍTICA /

Terça-feira, 13 de Novembro de 2018, 09h:40

A | A | A

Câmara se prepara para novas eleições

Vereador Cabo Solivan, realiza protocolo com oficio que confirma sua intenção de se tornar o novo presidente da casa para próximo biênio.


Paulo Pietro
Imagem de Capa
Paulo Pietro

O final do ano vem chegando e também o final do biênio do atual presidente da Câmara de Vereadores João Narciso Gomes (João Fique Frio). Que realizou um trabalho de moralização na casa de leis, enxugando gastos e devolvendo mais de um milhão de reais por ano do repasse realizado pelo poder executivo. 

 

Como na legislação municipal não é permitida a reeleição, as conjunturas políticas para a eleição da nova presidência já começaram a fervilhar, pois para muitos essa é considerada a segunda maior eleição do município, pela representatividade que tem a presidência da casa de leis, que vai se manter até a próxima eleição municipal.

 

Um dos postulantes declarados ao novo cargo é o vereador Cabo Solivan, que protocolou sua intenção de ser candidato à presidência, ainda essa semana. Ele comentou a nossa reportagem que “tem um cenário interessante, recentemente passei por uma eleição ao cargo de deputado estadual e aprendemos um novo formato de fazer política, com esse final de biênio do presidente João Narciso Gomes, sabemos a importância da presidência para a cidade, por isso eu resolvi protocolar há 10 dias um oficio na secretária da câmara, com formalização que pretendo disputar a mesa diretora. Entendo que estou preparado e capacitado para este desafio, com muita vontade de fazer a diferença na cidade sendo o novo presidente.”

 

Solivan sabe que para isso precisa conquistar o apoio dos companheiros do legislativo, atualmente vemos pelo menos dois grupos na casa de leis, que apesar de manterem como situação e oposição, são bem relacionados e frequentemente votam em conjunto os projetos que entendem ser para o bem da cidade e da gestão pública. 

 

“Nesse contexto eu espero que consiga criar uma chapa única, uma composição integrada com todos os vereadores e oportunamente eu vou pessoalmente falar com cada um dos meus companheiros sobre essa possibilidade,” explicou o vereador. 

 

Apesar de transitar bem atualmente pelos dois grupos, o vereador sabe que pode enfrentar resistências, mas ele ainda assumi a possibilidade de não registrar candidatura caso apresentem um projeto melhor, “eu ainda não tenho uma chapa formalizada, não estou impondo que serei o candidato, apenas revelei minha vontade, se para o bem do grupo escolherem outro nome e eu concordar, outra chapa pode ser registrada. Sei que temos que construir essas bases com todos os companheiros, mas sei que é o momento também de começar a fomentar essa discussão, principalmente nos bastidores.”

 

Solivan nos disse que atualmente seu partido é Campo Verde, que não se enxerga como oposição ou situação, que pensa somente no bem estar da população, apesar de ter sido eleito na última eleição para seu primeiro mandato como vereador pelo PP, mesmo partido do candidato Cezinha (Antonio Cesar dos Santos), que ficou na segunda colocação da eleição para prefeito, e ter assumido uma postura mais opositiva no inicio de seu mandato. 

 

Solivan disse que aprendeu muito com essa última candidatura ao cargo de deputado estadual e percebeu que a cidade carece de união política. 

 

Não é comum vermos com tanta antecedência um dos postulantes a esse cargo falar abertamente sobre a possibilidade de candidatura, geralmente as chapas são apresentadas nos últimos minutos, quem decide essas eleições são os próprios vereadores. 

 

Ainda restam duas sessões da câmara neste ano, depois as atenções se voltam para a decisão do próximo presidente. 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Órgãos municipais não funcionarão nesta quinta e sexta-feira

Desta forma, apenas os serviços considerados essenciais, como SAMU, Hospital Municipal Coração de Jesus, coleta de lixo, limpeza pública e manutenção de estradas, terão o funcionamento normal.

Batata-doce surge com potencial para transformar a vida de pequenos agricultores

Após 15 anos de pesquisa foi possível comprovar a eficiência da batata-doce industrial como matéria-prima ecologicamente correta para geração do Etanol Social.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.