RESULTADOS /

Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2018, 14h:00

A | A | A

Administração de Campo Verde apresentas resultados do PDI de 2017

De acordo com as estratégias do PDI, todas as secretarias municipais estão envolvidas no alcance de metas de curto, médio e longo prazo.


Imagem de Capa
Valmir Faria/ASCOM

Cerca de 600 servidores públicos municipais, membros de conselhos municipais de políticas públicas e representantes da sociedade civil organizada participaram na noite de quinta-feira (25), da apresentação das metas do Programa de Desenvolvimento Institucional Integrado (PDI), desenvolvido pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso e implantado na Administração Municipal de Campo Verde em 2013.

 

De acordo com as estratégias do PDI, todas as secretarias municipais estão envolvidas no alcance de metas de curto, médio e longo prazo que devem ser atingidas até 2021. Em 2017, das 44 metas estipuladas 35 foram atingidas e, mesmo naquelas em que os índices não chegaram ao pré-estabelecido, houve avanços.

 

Conforme os resultados das metas apresentadas, alguns chamaram a atenção por terem impacto direto na sociedade, como a redução da mortalidade infantil, que teve a taxa reduzida em 33,9% e a melhora no nível de desempenho dos alunos das séries finais.

 

Outro avanço importante foi o aumento da arrecadação própria do Município, que tinha como meta da Secretaria Municipal de Fazenda sair de R$ 24, 6 milhões em 2016 para R$ 29,9 milhões em 2017. No ano passado a arrecadação bateu em R$ 33,1 milhões.

 

O Prefeito Fábio Schroeter destacou que fazer o planejamento estratégico não é tarefa fácil, especialmente no Poder Público. “Mas estamos conseguindo avançar, aos poucos estamos consolidando esse trabalho com o apoio do Tribunal (TCE/MT), consultorias e, principalmente, com o trabalho, o apoio dos nossos servidores e o engajamento de todos”.

 

A apresentação das metas foi classificada pelo prefeito como “um momento especial”. “É onde nós vamos mostrar o quanto já caminhamos e o que a gente espera desse planejamento [daqui] pra frente. Eu vejo que com esse planejamento fica mais fácil a gente acertar”, disse.

 

Fábio frisou que como os recursos são poucos para tantas demandas, não há possibilidade de erros nos investimentos. “Nós temos que aplicar e aplicar muito bem”, ressaltou. “E esse planejamento nos ajuda muito a fazer isso”, salientou.

 

Ele também destacou a participação maciça dos servidores e da população, representada pelos conselhos municipais e clube de serviços na apresentação das metas. “É importante que todos saibam aonde que nós iremos chegar. Por que foi feita uma reunião grande e eu acredito que isso é um marco para Campo Verde. A gente vai avançar muito ainda”, afirmou.

 

Consultor do Tribunal de Contas de Mato Grosso e coordenador do PDI, José Marcelo Perez, frisou que Campo Verde tem sido destaque e modelo para outros municípios em relação ao Planejamento Estratégico, considerado por ele como algo básico e fundamental para uma Administração Pública eficiente.

 

“A administração pública viveu e vive muito de ‘se apagar incêndio’ e o PDI objetiva fazer com que essa história mude, que o município tenha planejamento, tenha eficiência. Campo Verde está inserido nesse projeto e trabalhando de uma forma maravilhosa, desenvolvendo todos os seus trabalhos, mobilizando, motivando os servidores para que os resultados possam chegar da melhor forma possível ao cidadão”, disse.

 

Cassira Vuolo, secretária de Articulação do TCE/MT e coordenadora do Projeto II do PDI, no qual Campo Verde está inserido, destacou a importância da população na apresentação dos resultadas das metas de 2017. “A sociedade precisa participar para poder a avaliar os resultados e também propor medidas para aperfeiçoar os indicadores que ainda precisam ser atendidos”, disse ela, salientando que o trabalho que está sendo desenvolvido em Campo Verde com relação ao planejamento estratégico serve de modelo para todo o Brasil.

 

Servidor lotado no Departamento Municipal de Transporte Urbano, Jairo Freitas afirmou sentir-se honrado em trabalhar o PDI. “A gente se sente muito contente, feliz, por esses objetivos que foram alcançados, mas principalmente, [por] a gente estar acompanhando as metas e estar dia a dia, frente a frente aos trabalhos para que as equipes atinjam os objetivos. Quem sai ganhando é a população”, disse ele.

 

 

O vice-presidente da Câmara, vereador Solivan Fonseca, o Planejamento Estratégico é uma importante ferramenta por direcionar os rumos das administrações públicas. “É onde nós tempos um ponto de partida e um ponto de chegada. Sabemos também que, como Campo Verde teve oportunidade de iniciar de forma planejada, avançamos muito se formos comparar a outros municípios. Campo Verde está de parabéns!”, destacou. 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Previsão aponta chuva em todos os dias dessa semana em Campo Verde

Previsão aponta probabilidade de 80% de chuva até a próxima sexta-feira.

Relatório da CNT comprova realidade vista nas rodovias da região

Município já tentou fazer sua parte, mas se sente de mãos atadas.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.