Campeão /

Terça-feira, 29 de Novembro de 2016, 20h:56

A | A | A

"Perdemos tudo. Mas vamos começar do zero", diz vice da Chapecoense

O Clube em homenagem aos jogadores deveria mudar de nome e eternizar o Chapecoense


Imagem de Capa
uol - Esporte - Futebol - de 29/11/2016

...

"Estou aqui desde as 3h30 da manhã... Não é fácil receber essa notícia. É muito difícil ver tudo isso e não poder fazer nada. É muito difícil de aceitar. Eu vi esse clube crescer, e hoje eles se foram", disse o mandatário em entrevista à FOX Sports. "Me pediram para ir junto, mas resolvi ficar. Me passou algo na cabeça, algo que não estava legal, mas não que sentisse que o avião iria cair", completou.

Tozzo também prometeu confortar as famílias para, depois, começar a reconstrução da Chapecoense. "Temos que abraças as famílias e dar confronto para quem ficou. Essa é a meta. Depois, vamos começar de novo, construir nosso clube. Vamos continuar em frente, vamos dar alegria de novo para esse clube. Perdemos tudo, mas vamos começar do zero. É muito difícil, mas Deus sabe o que faz", acrescentou.

O vice-presidente ainda aproveitou para agradecer o apoio dos clubes brasileiros. "Não sei o que vai ser daqui para frente. Gostei do apoio dos clubes, disso de emprestar jogadores, já que nos restou apenas cinco ou seis, que estão no departamento médico. Falei com muita gente hoje, dei entrevista para o mundo inteiro. Todo mundo está nos dando apoio, isso que nos dá força".

Sobre o possível velório, Tozzo não conseguiu confirmar quando acontecerá, mas disse como gostaria que acontecesse. "Os médicos vão lá para identificar os corpos junto com o pessoal da Colômbia. Todos já estão com a documentação certa. De lá, vai vir um avião da FAB para trazer as pessoas de lá. Na sequência, queremos fazer um funeral aqui no Índio Condá (Arena Condá). Mas não temos previsão, não sabemos quando eles vão retornar de lá", finalizou.

______________________________________________________________________

 

Vento, ventania.

Sopra mais forte no bambuzal.

Assobiando grave nas silhuetas

na bela dama de vermelho.

Vento, ventania.

Afasta-nos da miséria,

de uma pobreza depauperada,

da insônia de dois dias.

Deus dos ventos, imploro.

Traga meu amor despida,

traga a minha felicidade

de pétalas já vestida.

 

Murilo Conti Vieira

29/11/2016

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!